Biomassa: terceira fonte mais importante será discutida em SP

Biomassa já representa 10% do consumo nacional, são 12.500 MW em capacidade instalada na geração de energia do Brasil

Geração de biomassa

Com o objetivo principal de levar  informação e apresentar tecnologias inovadoras de utilização de recursos renováveis para geração de energia, de 15 a 17 de julho de 2015, no São Paulo Expo Exhibition & Convention Center, em São Paulo acontecem a 7ª BioTech | Feira Internacional de Tecnologia em Biomassa e o 10º Congresso Internacional de Bioenergia.

O evento pretende apresentar equipamentos e produtos que transformam resíduos sólidos agrícolas, florestais e até mesmo urbanos em energia. Serão expostas novidades nas duas pontas da cadeia produtiva. Na área externa, um picador de madeira e resíduos de grande porte, que prepara a matéria-prima bruta para  processos mais elaborados. E na outra ponta, equipamentos e  aplicações de biomassa com valor agregado, na opção de pellets para queima, gerando calor ou eletricidade.

Já o Congresso Internacional de Bioenergia completa 10 anos, com quase  dois mil trabalhos técnicos científicos apresentados e o envolvimento direto de 3.500 pesquisadores de todo o País, tornando-se o principal fórum de discussões sobre energias renováveis do Brasil e da América Latina. Serão 25 palestrantes e o formato de três painéis, com foco nos temas de biomassa, biogás e biocombustíveis. A pesquisa e a inovação tecnológica serão destaques em todas as áreas, mercado e políticas setoriais, também serão debatidas visando abrir um canal de diálogo com as partes e propor novas soluções.

Biomassa

As energias renováveis estão ganhando cada vez mais espaço no Brasil e no mundo. Atualmente, 46% da energia que consumimos vêm de fontes renováveis. Os recursos hídricos ainda são a principal fonte de energia, mas resíduos de biomassa, antes desperdiçados, hoje viram energia. A biomassa já representa 10% do consumo nacional, são 12.500 MW em capacidade instalada na geração de energia do Brasil. É a terceira fonte mais importante da matriz energética do País, atrás apenas das fontes hídrica e gás natural.

A biomassa da cana de açúcar ainda é a principal matéria prima, mas vem crescendo também outras biomassas como da madeira, dos resíduos da agroindústria e dos resíduos sólidos urbanos e animais.

“A necessidade crescente por energia e os resultados decorrentes da estiagem que atingiu regiões que dependem de recursos hídricos confirmam que o Brasil precisa diversificar suas fontes de energia. É o momento que as diversas fontes de energias renováveis podem ser incentivadas com oportunidades para novas tecnologias, equipamentos e até racionalização de consumo. A realidade é que o planeta precisa de soluções não poluidoras e que atendam as necessidades de crescimento populacional e econômico”, diz Clóvis Rech, diretor da Porthus que realiza os eventos juntamente com o Grupo Fiera Milano.

Simultâneo a BioTech | Feira Internacional de Tecnologia em Biomassa e o 10º Congresso Internacional de Bioenergia acontecem também a EnerSolar + Brasil | Feira Internacional de Tecnologias para Energia Solar; EcoEnergy|Congresso de Tecnologias Limpas e Renováveis para Geração de Energia; Hidropower Expo| Exposição Internacional de Tecnologias e Serviços para Centrais Hidrelétricas.

Mais Informações: www.bioenergia.net.br

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia