CEMIG: Usina de Irapé recebe o programa Proximidade

Marco na engenharia hidrelétrica, a usina tem capacidade de 399 megawatts

Arquivo: SE

A Companhia Energética de Minas Gerais – Cemig promove, nesta quinta-feira (01), o Programa Proximidade UHE Irapé. O evento será realizado na Associação Beneficente Itaporé. No programa, especialistas da companhia farão palestras objetivas para esclarecer os aspectos operativos do reservatório, as ações ambientais promovidas pela empresa, os principais tópicos referentes à segurança de barragens e, por fim, a preparação ao Plano de Ação em Emergências (PAE) da Instalação.

O Proximidade é um programa criado pela Cemig para estreitar o relacionamento e, em conjunto com outros programas da Empresa, levar conhecimento técnico e promover o desenvolvimento social das comunidades próximas às usinas sob sua concessão.

De acordo com o gerente de Planejamento Energético da Cemig, Marcelo de Deus Melo, o programa tem ampliado a relação da Empresa com a população. “A partir da criação do Proximidade, conseguimos nos relacionar com várias comunidades do Estado, o que é muito positivo para a Empresa e toda a sociedade. ”, ressalta.

O Proximidade leva à população informações sobre a operação das usinas e as modificações que elas promovem na região instalada, trazendo diversos benefícios às comunidades ribeirinhas. “As usinas regularizam as vazões do rio abaixo da barragem, disponibilizando água nos períodos secos e amenizando as consequências das cheias na época das chuvas. A operação dos reservatórios sempre leva em consideração os múltiplos usos”, afirma Marcelo de Deus.

Instalada no Rio Jequitinhonha, a Usina de Irapé possui capacidade instalada de 399 Megawatts e tem um reservatório com, aproximadamente, 137 km² e cerca de 6 bilhões de metros cúbicos de água, quando completamente cheio. O grande lago abrange sete municípios das regiões Norte e Vale do Jequitinhonha. A barragem é outro aspecto superlativo da usina: com 208 metros de altura é a mais alta do País e a segunda maior da América do Sul.

Marcelo de Deus Melo aponta, ainda, a contribuição da Usina de Irapé para o Sistema Interligado Nacional e sua importância para o Vale do Jequitinhonha. “Além de ser um marco para a engenharia nacional, Irapé tem sido importante para o sistema elétrico do país, pois sua capacidade instalada pode abastecer uma cidade de cerca de 1 milhão de habitantes. A usina também gera recursos para o Vale do Jequitinhonha, uma das regiões mais carentes de Minas Gerais”, afirma.

Outro destaque é a importância da UHE Irapé para a Segurança Hídrica do Vale do rio Jequitinhonha, através da regularização de vazões. “Esse é um beneficio que a usina vem concedendo neste período de baixas vazões, quando recebe, em seu reservatório, por exemplo, seis metros cúbicos por segundo e libera 50 metros cúbicos por segundo”, finaliza Marcelo de Deus.

Proximidade

O programa consiste na unificação das ações de relacionamento com comunidades e na realização de um ciclo de encontros visando explicar à população os procedimentos operativos e de segurança adotados nas hidrelétricas da Cemig, condições climáticas e aspectos ambientais, levando informações e abrindo oportunidades de novas parcerias.

Concebido a partir da ação conjunta entre as áreas de planejamento, engenharia, sustentabilidade, meio ambiente e comunicação da Cemig, o Programa Proximidade pretende assegurar maior confiabilidade à prática da operação dos reservatórios e, assim, orientar de maneira mais precisa as comunidades do entorno.

Programa Proximidade – Usina de Irapé
Data: 01/06/2017 (quinta-feira)
Horário: 8h30
Local: Associação Beneficente de Itaporé-ABITA
Endereço: Rua Inácio Figueiredo, número 360, Centro, Coronel Murta.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia