Greenbuilding Brasil 2015 vai destacar gestão da água e eficiência energética

Stor residencial começa a se movimentar em matéria de construção sustentável

Crédito para o setor

A 6ª edição da Greenbuilding Brasil – Conferência Internacional e Expo – trará especialistas nacionais e internacionais para falarem de temas como a gestão da água nas edificações e na indústria, os desafios da sustentabilidade nas cidades brasileiras, Programa Nacional para a Energia Renovável e o papel dos smart grids neste contexto

O Brasil passa por uma de suas piores crises hídricas e energéticas de sua história, o que tem causado graves consequências para a sociedade, o meio ambiente e a economia. Para tentar minimizar esses impactos, a indústria brasileira da construção tem trabalhado para apresentar ao mercado soluções que visem o uso consciente da água e privilegiem a eficiência energética, como é o caso das construções sustentáveis, compostas por edificações residenciais, comerciais ou industriais. Estimular e trazer as novas tendências para este setor é o objetivo da 6ª edição da Greenbuilding Brasil – Conferência Internacional e Expo – a feira de negócios da construção sustentável da América Latina, entre os dias 11 e 13 de agosto, no Transamerica Expo Center, em São Paulo (SP).

O evento deste ano trará sessões educacionais completas dedicadas ao tema “água”. Na oportunidade serão tratados assuntos importantes como a gestão da água nas edificações e na indústria, a relação da água e o verde, e os desafios da sustentabilidade nas cidades brasileiras, a otimização do uso de água potável e os recursos de água não potável, entre outros. O tema “eficiência energética” é outro destaque das sessões. Serão debatidos temas como o Programa Nacional para a Energia Renovável, do Ministério do Meio Ambiente, os desafios e oportunidades para a indústria e o papel dos smart grids são alguns dos assuntos que estarão em pauta. A abertura do evento contará com a participação da ex-ministra do Meio Ambiente, Marina Silva.

Para o diretor gerente do Greenbuilding Council Brasil, Felipe Faria, o Brasil já atingiu o patamar de grande potência quando o assunto é construção sustentável. “A realização deste evento demonstra a maturidade que o Brasil alcançou neste segmento ao longo dos anos. Para nós é uma satisfação poder compartilhar inovação e conhecimento sobre este importante mercado, estratégico para o desenvolvimento econômico e social do Brasil”, afirma o executivo.

A Greenbuilding Brasil 2015 conta também com um extenso espaço de exposições, que receberá empresas nacionais e internacionais que apresentarão suas soluções destinadas ao mercado de construções sustentáveis.

Mercado de Greenbuildings aquecido no Brasil

Até o segundo trimestre de 2015, o Brasil contabilizou 966 edificações registradas no LEED. São 5% a mais de registros comparados ao mesmo período de 2014. Desse total, 235 já foram vistoriados e receberam a certificação. Ao longo de 2014 foram registrados 135 empreendimentos, sendo 82 deles certificados. Em média foram sete certificações por mês e um projeto registrado a cada dois dias úteis do ano, números que comprovam o crescimento desse tipo de edificação no Brasil.

A certificação LEED EBOM (Existing Building Operation and Maintenance), própria para edificações já existentes, desponta como grande oportunidade de expandir o número de edificações verdes no país. Hoje o Brasil possui 74 projetos LEED EBOM registrados, sendo 19 certificados.

Certificação para o setor residencial desponta no país

O setor residencial começa a se movimentar em matéria de construção sustentável. Com vistas para o desenvolvimento desse mercado, o GBC Brasil lançou, em agosto de 2014, durante a realização da 5ª edição do evento, o Referencial GBC Brasil Casa. O referencial foi criado para avaliar diferentes questões de sustentabilidade específicas para projetos residenciais. Após o lançamento, duas casas foram certificadas e outras 14 estão em processo de certificação, incluindo dois prédios residenciais. Dentre os 14 projetos, sete estão em fase “piloto” e serão finalizadas ainda este ano, e os demais projetos com previsão para terminar em 2016.

Para Felipe Faria, há ao menos 700 grandes empreendimentos em processo de certificação LEED demandando soluções e serviços com foco em eficiência e diminuição de impactos socioambientais. “Observamos que estamos em um crescente processo de conscientização do mercado, governo e sociedade ao conceito de sustentabilidade, princípio norteador do novo tratado que guiará a relação entre homem e planeta”, completa o executivo.

6ª Greenbuilding Brasil em números

Para este ano, a expectativa da organização do evento é reunir um público de cinco mil visitantes, com mais de mil congressistas e 100 empresas expositoras, nacionais e internacionais, distribuídas em um espaço de mais de seis mil metros quadrados.

Ao longo dos três dias de evento, cerca de 60 sessões técnico-educacionais que serão ministradas por 135 palestrantes: desempenho energético, cidades resilientes, escolas e hospitais auto suficientes em energia, novas certificações LEED (residenciais e em creches), redução de custo na construção por meio da sustentabilidade, utilização da madeira na construção, coleta automatizada de resíduos sólidos urbanos, as construções sustentáveis e sua relação com a saúde, bem-estar e a produtividade nos escritórios, são alguns dos exemplos. “A Greenbuilding Brasil é uma ferramenta eficaz na disseminação das boas práticas sustentáveis na construção civil, no Brasil e em toda a América Latina”, afirma Sergio Jardim, diretor geral da Clarion Events Brasil, empresa organizadora do evento.

O programa de conferências desta edição contará com a presença da ex-ministra Marina Silva, que falará sobre a interdependência das questões ambientais, sociais, econômicas e políticas, chamando atenção para as oportunidades das construções sustentáveis e esboço de um novo cenário na chamada “política de suporte”, alinhando os esforços da iniciativa privada, governos e sociedade.

A programação completa do programa de conferências está disponível no website oficial do evento: http://www.expogbcbrasil.org.br/2015/agenda-da-conferencia/.

Entre as empresas confirmadas para esta edição estão a Allpex, Anti-Impcto, Aquadrop, Armacell, Axion, Beaulieu Brasil, Bragenix, Braston, Brasus, Briand Energies do Brasil, Bry-Air, Conex LED, Cushman & Wakefield, Danfoss do Brasil, Deca, Docol, Eastman, Ecoacustica, Ecoquest, Etria, LCP Construções, Lutron, Projeto IN, Rain Bird, Rewood, Sondar, Ulma, Verti Garden, Vertical Green, Zagonel,  entre outras empresas e entidades do setor.

Patrocinadores e apoiadores

A edição deste ano conta com o patrocínio de importantes empresas, tais como a Deca, Cushman & Wakefield e Docol, além do apoio de importantes instituições, como Abesco, Abiesv, Abrafac, Abrava, Asbrav, CAU/SP, CEBDS, Consulado Geral dos Estados Unidos, Grama Legal, ICLEI, Ideal, Instituto ETHOS, KNX, ITC, SECOVI Rio, WWF.

Serviço

6ª Greenbuilding Brasil – Conferência Internacional e Expo
Data: 11 a 13 de agosto de 2015
Horário de exposição: 10h – 20h
Horário do congresso: 9h30 – 18h30
Local: Transamerica Expo Center
Endereço: Av. Dr. Mário Villas Boas Rodrigues, 387 – Santo Amaro – São Paulo
Mais informações: http://www.expogbcbrasil.org.br/.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia