Plataforma disponibiliza cursos online sobre comercialização de energia elétrica

CCEE oferece conteúdo gratuito sobre o setor elétrico para estudantes, empresários, agentes e interessados no assunto

CCEE  e o curso

A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE, entidade responsável pela comercialização de energia no País, lança sua plataforma de capacitação online, o Portal de Aprendizado, para toda a sociedade. A partir desta quarta-feira estudantes, acadêmicos, empresários e qualquer pessoa que tenha interesse em estudar a comercialização de energia elétrica terá 58 cursos disponíveis. A ferramenta, que foi desenvolvida em 2012, era exclusiva de agentes associados à Câmara de Comercialização, que permanecem tendo um portfólio personalizado, que permite um aprofundamento maior considerando suas atividades operacionais.

Entre os cursos disponíveis estão as sistemáticas de leilões de energia, regras de comercialização e conceitos básicos para entendimento do setor, como Energia de Reserva, contratos de energia, Preço de Liquidação das Diferenças, Encargos, Liquidação Financeira, entre outros. Para auxiliar na capacitação, a CCEE oferece uma rota de aprendizagem, que permite ao usuário seguir um roteiro para melhor compreensão dos cursos.

O conteúdo do Portal de Aprendizado tem uma grande relevância para os profissionais que atuam no mercado de energia, mas também para aqueles que desejam conhecer melhor o setor elétrico. A alta complexidade do setor elétrico e o dinamismo de suas regras e operações tornam a disseminação e atualização dos conhecimentos uma necessidade constante.

“Recentemente, registramos um número cada vez maior de pedidos de pessoas do mundo acadêmico, do mercado financeiro e profissionais de outros setores. Agora poderemos disponibilizar um vasto conteúdo para toda a sociedade, no Brasil inteiro. Qualquer interessado poderá conhecer mais sobre comercialização de energia”, destaca Daniel Gomes, gerente de Capacitação da CCEE.

Ao entrar no portal, os novos usuários deverão preencher um cadastro, que automaticamente criará uma senha para acesso ao material. Apenas quando for sinalizado que o usuário é agente da CCEE, ou seja, que possui direito ao conteúdo personalizado, será necessária uma análise da instituição para liberação de uma senha diferenciada.

Desde 2012, a Câmara de Comercialização já capacitou 6.427 pessoas em todo o País.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia