Revisão Tarifária da Escelsa está em audiência pública

A revisão tarifária periódica define o Fator X e reposiciona as tarifas cobradas dos consumidores após analisar os custos eficientes

Aneel e as tarifas

A diretoria da ANEEL aprovou Audiência Pública para discutir com a sociedade proposta de Revisão Tarifária Periódica da Espírito Santo Centrais Elétricas S.A – EDP Escelsa, que atende 1,4 milhão de unidades consumidoras localizadas em 70 municípios do Espírito Santo. A medida foi tomada hoje, durante Reunião Pública.

Os valores apresentados pela ANEEL consistem em uma proposta preliminar de -3,34% (negativo) para os consumidores residenciais (B1) e de -1,20% (negativo) para os conectados em alta tensão – industriais, que conduz a um efeito médio de -1,17% (negativo).

Os índices finais somente serão conhecidos em agosto, quando o assunto será deliberado pela Diretoria da Agência em Reunião Pública Ordinária. A revisão das tarifas será aplicada a partir de 7 de agosto de 2016.

A revisão tarifária periódica define o Fator X e reposiciona as tarifas cobradas dos consumidores após analisar os custos eficientes e os investimentos prudentes para a prestação dos serviços de distribuição de energia elétrica, em intervalo médio de quatro anos.

Os limites de *DEC e **FEC da distribuidora para o período de 2017 a 2019 também estão em audiência. Os interessados podem enviar as sugestões no período de 25/5 a 27/6/16 para o e-mail: ap028_2016@aneel.gov.br ou para o endereço: ANEEL – SGAN Quadra 603 – Módulo I Térreo/Protocolo Geral, CEP 70.830-110, Brasília–DF.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia