ANEEL define tarifa para Eletropaulo

Decisão sobre os valores foi discutida em audiência pública em São Paulo

Reforço de Furnas

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) aprovou nesta terça-feira, os índices da revisão tarifária periódica da Eletropaulo (Eletropaulo Metropolitana Eletricidade de São Paulo). Para os consumidores residenciais (Classe B1) haverá um aumento de 17,31% na tarifa a partir do próximo dia 4. A Eletropaulo atende 6,7 milhões de unidades consumidoras na região metropolitana da capital paulista.

Índices médios de baixa e alta tensão

Alta tensão em média (indústrias) ficou com variação de 11,73%; baixa tesnão, 17,04%; média (baixa tensão e alta tensão), 15,23%.

As regras da revisão tarifária periódica das distribuidoras (RTP) foram aprovadas em 28/4/15. A RTP define o Fator X, que compartilha os ganhos de produtividade da concessionária com os consumidores, e reposiciona as tarifas cobradas dos consumidores após analisar os custos eficientes e os investimentos prudentes para a prestação dos serviços de distribuição de energia elétrica, em intervalo médio de quatro anos.

A revisão tarifária da Eletropaulo foi debatida em audiência pública, entre 6/5/2015 e 1º/6/2015, e teve uma sessão presencial em São Paulo no dia 6/3/2015, que contou com a cerca de 220 participantes. No processo de revisão, também foram aprovados os limites de Duração Equivalente de Interrupção por unidade consumidora e Frequência Equivalente de Interrupção por unidade consumidora para o período de 2016 a 2019.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia