RGE faz operação para corte de ligações clandestinas em Caxias do Sul

Além de crime tipificado do Código Penal Brasileiro, gera o constante risco de incêndio e de acidentes com terceiros nas comunidades atingidas

Energia e o consumo

A Rio Grande Energia (RGE), por meio de sua Gerência de Serviços de Recuperação de Energia, informa que preocupada com a segurança da população e com as perdas energéticas que oneram todos os consumidores, realiza, nesta manhã, mais uma etapa de corte de ligações irregulares em sua área de concessão. Cerca de 350 residências em uma área não regulamentada ou reconhecida como bairro ou loteamento, no Monte Carmelo, em Caxias do Sul, serão desligadas.

Esses 350 clandestinos fizeram ligações irregulares em três transformadores que levam energia a clientes da empresa. A prática, além de crime tipificado do Código Penal Brasileiro, gera o constante risco de incêndio e de acidentes com terceiros nas comunidades atingidas. Esse delito também prejudica a qualidade de fornecimento elétrico causando pane no sistema que abastece a região uma vez que as instalações são feitas fora dos padrões mínimos de segurança. Ações, como a desta manhã, acontecerão ao longo do ano em municípios de área de concessão e em outras regiões irregulares de Caxias do Sul.

Dicas de segurança

– Furtar energia é muito perigoso. Além de ser crime, provoca acidentes graves e até mortes. Não faça ligações clandestinas.

– Ligações clandestinas colocam sua vida em risco e a de outras pessoas.

– Não deixe a fiação ao alcance das crianças.

– Ao trocar uma lâmpada, não toque em sua parte metálica. Faça essa operação com cuidado.

– Não ligue aparelhos elétricos com as mãos molhadas. Água e eletricidade não combinam.

– O uso de “benjamim” é perigoso. Se você sobrecarregar uma tomada com vários aparelhos elétricos, poderá provocar um superaquecimento que causa curto-circuito e até incêndios.

– Tenha muito cuidado ao subir em árvores utilizando varas ou galhos para tentar colher frutos. A rede elétrica pode estar próxima, havendo risco de grave acidente.

– Jamais se aproxime de fios partidos ou caídos no chão.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia