Petrobras fecha acordo com a Sete Brasil

Celebração de acordo entre Petrobras e Sete Brasil está condicionada à apresentação pela companhia de operador de sondas de classe internacional e com experiência em águas profundas

Ag. Petrobras

A Petrobras informou que o seu Conselho de Administração aprovou, em reunião realizada ontem, os principais termos para um possível acordo, no âmbito do procedimento da mediação extrajudicial em curso com a Sete Brasil Participações – Em Recuperação Judicial (Sete Brasil).

Os principais termos são os seguintes: manutenção dos contratos de afretamento e de operação referentes a 4 sondas, com a resilição (encerramento) dos contratos celebrados em relação às demais 24 sondas; os contratos terão vigência de 10 anos com taxa diária de US$ 299 mil, incluindo-se neste valor o afretamento e operação das unidades; a saída da Petrobras e de suas controladas do quadro societário das empresas do Grupo Sete Brasil e do FIP Sondas, de forma que não detenha mais qualquer participação societária nessa empresa, bem como o consequente distrato de todos os demais contratos não compatíveis com os termos do acordo.

A celebração de acordo entre Petrobras e Sete Brasil está condicionada à apresentação pela Sete Brasil de operador de sondas de classe internacional e com experiência em águas profundas, em conformidade com os critérios de aprovação da Petrobras. O acordo está condicionado também ao êxito na negociação e aprovação, pelos órgãos competentes de ambas as empresas, dos termos e condições finais dos documentos necessários à implementação do acordo.

A companhia reitera que toda e qualquer informação relativa ao procedimento de mediação é confidencial em relação a terceiros.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia