ABB comemora o desempenho em Robótica e pedidos globais

O lucro líquido aumentou de $ 406 milhões para $ 525 milhões e o lucro básico por ação foi de $ 0,25 em comparação com $ 0,19 no mesmo trimestre de 2016

Divulgação

A ABB apresentou resultados financeiros nesta sexta-feira, com destaque para os pedidos de Robótica e no desenvolvimento de equipamento para eólicas.

No segundo trimestre de 2017, a ABB apresentou crescimento do número de pedidos em todas as regiões. As receitas aumentaram 1% (3% menores em dólares americanos) no segundo trimestre e foram maiores em Electrification Products e Robotics and Motion. As de Power Grids ficaram estáveis e as de Industrial Automation foram menores em consequência da redução da carteira de pedidos. As receitas totais de software e serviços ficaram estáveis (2% menores em dólares americanos) e representaram 17% do total das receitas, inalteradas em comparação com o ano anterior.

No 2T17, os  pedidos totais e de base cresceram 3 %1; aumento dos pedidos em todas as regiões, as receitas foram superiores em 1%; a margem do EBITA operacional de 12,4%, enfraqueceram este trimestre por causa dos preços das commodities e um excesso de capacidade; o lucro líquido de $ 525 milhões; o fluxo de caixa de atividades operacionais de $ 467 milhões reflete o calendário dos pagamentos de incentivos de curto prazo; capital circulante líquido como uma porcentagem da receita de 14,1%, reduziu 90 bps numa base anual; gestão do portfólio de ativos: aquisição da B&R concluída em 6 de julho; aquisição da KEYMILE no 3º Trimestre.

“Nossa oferta digital líder da indústria, o ABB Ability, está decolando e começando a contribuir para o crescimento”, disse o CEO da ABB, Ulrich Spiesshofer. “No trimestre, o desempenho operacional nas divisões Industrial Automation e Power Grids foi sólido. Electrification Products e Robotics and Motion melhoraram as margens sequencialmente, mas não foram capazes de compensar as variações no preço das commodities e o excesso de capacidade durante o trimestre,” ele disse.

Pedidos

Os pedidos totais ficaram 3% acima (estáveis em dólares americanos) na comparação com o segundo trimestre do ano anterior, conforme o aumento significativo de Robotics and Motion e Industrial Automation, maior do que o declínio de Electrification Products e Power Grids.

Os grandes pedidos cresceram 5% (1% em dólares americanos) e representaram 8% do total de pedidos, inalterados em comparação com o mesmo trimestre do ano anterior. Um dólar mais forte versus o período do ano anterior resultou em um impacto negativo na conversão cambial nos pedidos relatados de 3%.

Os pedidos de base (abaixo de $ 15 milhões) aumentaram 3% (estáveis em dólares americanos), melhorando em Robotics and Motion, Industrial Automation e Power Grids. Electrification Products diminuiu 1% (4% em dólares americanos), impactado principalmente por menos dias úteis no trimestre, em comparação com o mesmo período de um ano atrás.

O total de pedidos de serviço e de software aumentou 8% (5% em dólares americanos) e aumentou para 20% o total de encomendas em comparação com 19% de um ano antes. A carteira de pedidos no final de junho de 2017 totalizou $ 23,6 bilhões, 1% menor (7% em dólares americanos) em comparação com o final do segundo trimestre do ano anterior. A proporção de book-to-bill2, no segundo trimestre, foi de 0,99x em comparação com 0,96x no segundo trimestre de 2016.

 

“Ao mesmo tempo em que estamos satisfeitos com a dinâmica do crescimento, especialmente com o crescimento de dois dígitos nos pedidos em Robotics and Motion, permanecemos firmemente focados em melhorar ainda mais a execução operacional e nossa base de custo”, afirma Spiesshofer completa que “A conclusão bem sucedida da aquisição da B&R e a entrega do último projeto eólico off-shore legado, Dolwin 2, são exemplos da execução disciplinada da estratégia Next Level”.

Desempenho ABB nas Américas

As Américas foram positivas, impulsionadas pela necessidade de soluções eficientes para a indústria, transporte e infraestrutura, e o aumento da demanda por automação em geral. O total de pedidos cresceu 2% no trimestre (em dólares americanos) com um grande recebimento de pedidos. Os pedidos de base diminuíram 2% (em dólares americanos) uma vez que a maior demanda nos Estados Unidos e no Brasil não pôde compensar o declínio no Canadá. Os Estados Unidos cresceram 7% em geral (6% em dólares americanos) e 1% em pedidos de base (estáveis em dólares americanos).

Lucro líquido, ganho básico e operacional por ação

O lucro líquido aumentou de $ 406 milhões para $ 525 milhões e o lucro básico por ação foi de $ 0,25 em comparação com $ 0,19 no mesmo trimestre de 2016. Esse resultado foi impactado por menores despesas de reestruturação e relativas a ela, e uma maior taxa de imposto de 30% contra 25,1% em comparação com o mesmo período de um ano atrás. O EPS operacional foi de $ 0,30 em comparação com $ 0,35 no mesmo trimestre de 2016; uma queda de 11% em moedas constantes.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia