AES Tietê conclui a compra do Complexo Eólico Alto Sertão II

O Complexo Eólico Alto Sertão II está localizado no Estado da Bahia, com capacidade instalada total de 386,1 MW

Arquivo: UI

A AES Tietê Energia anunciou na noite desta quinta-feira, a conclusão da compra da Nova Energia Holding, detentora, por meio da Renova Eólica Participações, do Complexo Eólico Alto Sertão II .

O valor total do negócio é de R$ 600 milhões, a ser ajustado pela variação de capital de giro e dívida líquida do Complexo Eólico Alto Sertão II entre o balanço base e o balanço de fechamento, o que as Partes esperam que ocorra em 70 dias após a data do fechamento da operação. Além do preço de compra, a companhia assumiu a dívida do Complexo Eólico Alto Sertão II no valor de R$ 1,15 bilhão, conforme balanço base de 31 de dezembro de 2016.

Adicionalmente, o preço de aquisição poderá sofrer acréscimo de até R$ 100 milhões sob a forma de earn out, se o desempenho do Complexo Alto Sertão II, apurado após período de cinco anos contados da data do fechamento da operação, proporcionalmente ao que exceder a referência mínima de geração certificada pela companhia durante o processo de due diligence.

O Complexo Eólico Alto Sertão II está localizado no Estado da Bahia, com capacidade instalada total de 386,1 MW, e energia contratada por 20 anos, por meio do leilão de energia de reserva e leilão de energia nova realizados em 2010 e 2011, cujos contratos expiram em 2033 e 2035, respectivamente.

“A aquisição representa um passo importante para a estratégia de crescimento da AES Tietê Energia de, até 2020, compor 50% de seu Ebitda com fontes não hidráulicas com contratos regulados de compra e venda de energia elétrica de longo prazo, e de criação de valor para os seus acionistas”, diz o comunicado à Comissão de Valores Mobiliários – CVM  assinado pelo diretor vice-presidente e de Relações com Investidores, Francisco José Morandi Lopez.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia