Aldemir Bendine destaca fortalecimento da Petrobras na nova fase

"Minha convicção de que a Petrobras é e se manterá uma Companhia rentável e eficiente"

Aldemir Bendine - presidente da Petrobras

Em carta aos investidores, logo depois da Assembleia Geral Extraordinária realizada nesta segunda-feira (25) na sede da Petrobras, o presidente da estatal, Aldemir Bendine, avaliou a aprovação do balanço de 2014 em nota aos investidores e publicada na Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Para Bendine, a publicação dos resultados de 2014 auditados, mostra que a companhia transpôs uma importante barreira, após um esforço coletivo, que evidencia nossa capacidade de superação de desafios em um contexto adverso.

“Este exercício me trouxe ainda mais confiança de que iremos responder às questões estratégicas que nos defrontam,  relativas  ao  plano  de  negócios  da  companhia,  de  maneira  eficiente  e  criando  valor  para  a estatal.

Desenvolvemos uma metodologia para estimar os gastos adicionais frutos do esquema de pagamentos indevidos revelado pela Operação Lava-Jato. As baixas referentes a esses gastos adicionais impostos por esse esquema foram reconhecidas no terceiro trimestre de 2014.

Adicionalmente, mudanças no contexto dos negócios da Petrobras, em função do declínio dos preços do petróleo, apreciação do dólar e necessidade de reduzir o nível de endividamento, estimularam uma revisão das perspectivas futuras da Companhia e, consequentemente, levaram à necessidade de redução no ritmo de nossos investimentos.

Como resultado, a Companhia decidiu postergar a conclusão de alguns ativos e projetos inclusos em seu plano  de  negócios  2014-2018.  Essas  postergações  geraram  impactos  nos  testes  de impairment, cujas perdas foram reconhecidas no quarto trimestre de 2014.

Concluída  a  divulgação  dos  resultados,  focaremos  nos  desafios de médio e longo prazos.  Estamos desenvolvendo um novo plano de negócios, no qual incorporaremos premissas econômicas que refletem o cenário atualmente vivenciado pela indústria do petróleo. Estamos revendo nossos investimentos com o objetivo de priorizar a área de exploração e produção de petróleo e gás, nosso segmento mais rentável. Almejamos construir um plano sustentável sob a ótica do fluxo  de  caixa,  levando  em  consideração  os  potenciais  impactos  na  cadeia  de  suprimentos  e,  por conseguinte, na nossa curva de produção.

Ao finalizar, o presidente Bendine enfatizou : “Minha convicção de que a Petrobras é e se manterá uma Companhia rentável e eficiente, com significativos aprimoramentos em sua governança corporativa e cada vez mais centrada em retornos para seus acionistas e investidores”, fecha nota.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia