ANP interdita revendedores de gás de botijão

Em 2015, até o momento, foram realizadas cerca de 30 forças-tarefa em todo o país

ANP e o Plano

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), em operação conjunta com a Polícia Civil, iniciada essa semana em Paraty, interditou três revendedores autorizados por fornecimento de botijões de gás de cozinha (GLP) para o comércio clandestino da cidade. Três pessoas foram detidas pela Polícia, que também apreendeu 23 botijões de 13 quilos (P13) em revendas irregulares. Em uma residência, foram encontrados 14 botijões e, em duas revendas não autorizadas, outros nove botijões.

Ações de fiscalização

A ANP tem intensificado suas ações de fiscalização, planejando-as cada vez mais a partir de vetores de inteligência, com destaque para denúncias recebidas pelo Centro de Relações com o Consumidor (CRC) e dos resultados obtidos pelo Programa de Monitoramento da Qualidade dos Combustíveis (PMQC), além de informações repassadas por outros órgãos públicos e pela área de inteligência a ANP.

Desde 2013, a Agência se empenha em criar parcerias com órgãos de diferentes esferas da administração pública, o que resultou na instituição de forças-tarefa. As ações conjuntas entre órgãos públicos fortalecem a participação do Estado na fiscalização do setor e restringem o emprego de práticas irregulares pelos agentes econômicos.

Desde 2013, a Agência se empenha em criar parcerias com órgãos de diferentes esferas da administração pública, o que resultou na instituição de forças-tarefa. Em 2015, até o momento, foram realizadas cerca de 30 forças-tarefa em todo o país.

As denúncias dos consumidores podem ser feitas pelo telefone 0800 970 0267 ou pelo site www.anp.gov.br/faleconosco.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia