Bandeira Amarela é a tarifa de setembro

A bandeira para o mês de setembro será amarela, com acréscimo de R$ 2,00 a cada 100 (kWh)

Bandeira amarela

A bandeira para o mês de setembro será amarela, com acréscimo de R$ 2,00 a cada 100 (kWh). O fator que determinou a bandeira amarela foi a melhora das condições hidrológicas nas regiões Sul e Sudeste. Segundo o relatório do Programa Mensal de Operação (PMO) do Operador Nacional do Sistema (ONS), o valor da usina térmica mais cara em operação é de R$ 411,92/MWh, o que determinou a redução da bandeira vermelha para a amarela.

Faixas de acionamento

Bandeira Tarifária Verde
Acionada nos meses em que o valor do CVU da última usina a ser despachada for inferior a R$ 211,28/MWh
Bandeira Tarifária Amarela

Acionada nos meses em que o valor do CVU da última usina a ser despachada for igual ou superior a R$ 211,28/MWh e inferior a R$ 422,56/MWh

Bandeira Tarifária Vermelha

Patamar 1: acionada nos meses em que o valor do Custo Variável Unitário – CVU da última usina a ser despachada for igual ou superior a R$ 422,56/MWh e inferior a R$ 610/MWh
Patamar 2: acionada nos meses em que o valor do Custo Variável Unitário – CVU da última usina a ser despachada for igual ou superior ao limite a R$ 610/MWh

Valores das bandeiras

Bandeira Tarifária Verde: condições favoráveis de geração
Bandeira Tarifária Amarela: R$ 2,00 a cada 100 (kWh)
Bandeira Tarifária Vermelha – Patamar 1: R$ 3,00 a cada 100 (kWh)
Bandeira Tarifária Vermelha – Patamar 2: R$ 3,50 a cada 100 (kWh)

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia