BNDES capta US$ 150 milhões junto a bancos japoneses

Operação foi realizada no âmbito da Linha GREEN, que tem como objetivo o apoio a projetos que favoreçam a preservação do meio ambiente global

Evento no Rio de Janeiro

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) celebrou contrato de financiamento no valor de US$ 150 milhões com o Japan Bank for International Cooperation (JBIC) e o Mizuho Bank, Ltd. O documento foi firmado na sexta-feira, 27, e cada instituição aportou metade dos recursos.

A operação foi realizada no âmbito da Linha GREEN (Global Action for Reconciling Economic Growth and Environmental Preservation), que tem como objetivo o apoio a projetos que favoreçam a preservação do meio ambiente global, promovendo a redução da emissão de gases do efeito estufa, a eficiência energética e a geração de energia a partir de fontes renováveis.

Este é o terceiro contrato de captação que o BNDES celebra com o JBIC no âmbito da Linha GREEN. Os dois primeiros foram assinados em 2011 e em 2014 e também contaram com a colaboração financeira do Mizuho Bank, Ltd.

Desde a década de 50, o BNDES opera em parceria com organismos multilaterais e agências governamentais para diversificar e ampliar seu funding. O relacionamento entre o BNDES e o JBIC teve início em 1962, quando foi assinado o primeiro contrato de empréstimo com o The Export-Import Bank of Japan – JEXIM, antecessor do JBIC.

Desde então, foram assinados 16 contratos, incluindo esta nova cooperação na Linha GREEN. Ao longo de mais de 50 anos, JBIC e BNDES vêm buscando permanentemente desenvolver atividades com o propósito de estreitar cada vez mais seu relacionamento institucional.

O JBIC foi criado em 1999 como uma instituição financeira integralmente controlada pelo governo japonês. A instituição desempenha importante papel na execução da política de cooperação econômica do governo japonês, apoiando o desenvolvimento estável e sustentável dos países estrangeiros, promovendo, assim, o fortalecimento das relações econômicas entre o Japão e a comunidade internacional.

Com a celebração desse novo contrato de empréstimo, o BNDES dá continuidade à sua estratégia de ampliar o seu relacionamento com instituições financeiras internacionais, aumentando a escala dos investimentos que realiza em parceria com organismos multilaterais e agências governamentais.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia