BNDES e BNDESPAR reduzem participação acionária na Petrobras

Não foram celebrados, pelo BNDES e BNDESPAR, quaisquer contratos ou acordos que regulem o exercício de direito de voto ou a compra e venda de valores mobiliários emitidos pela Petrobras

Petrobras e as ações

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira, através de Fato Relevante, que foi informada pela direção do BNDES e pela BNDES Participações (BNDESPAR), subsidiária integral do banco de fomento, que a BNDESPAR alienou ações preferenciais emitidas pela Petrobras, de forma que as duas instituições passaram a gerir participação acionária inferior ao patamar de 25% das ações preferenciais de emissão da petroleira.

O BNDES e a BNDESPAR detinham, até o último dia 20, 1.411.650.454 ações preferenciais, representando 25,199% do total de ações preferencias emitidas pela Petrobras. No período de 21 a 23 (sexta-feira), a BNDESPAR alienou 19.969.000 ações preferenciais, de forma que o BNDES e a BNDESPAR passaram a titularizar em conjunto o total de 1.391.681.454 ações preferenciais, representando 24,842% do total de ações preferenciais emitidas pela companhia, ultrapassando para baixo o patamar de 25%;

O objetivo das participações societárias mencionadas é estritamente de investimento, não objetivando alteração do controle acionário ou da estrutura administrativa da Petrobras. Não foram celebrados, pelo BNDES e BNDESPAR, quaisquer contratos ou acordos que regulem o exercício de direito de voto ou a compra e venda de valores mobiliários emitidos pela Petrobras.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia