BNDES mostra financiamento para leilões de geração de energia de abril de 2015

Possibilidade de conversão do sistema de amortização da dívida do BNDES de SAC para Price quando houver emissão de debêntures de infraestrutura pela beneficiária do crédito

BNDES  e o balanço

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), dando continuidade à política de financiamento à infraestrutura em conjunto com a emissão de debêntures, comunica que adotará as seguintes condições financeiras, de acordo com as políticas operacionais em vigor na data dos leilões de energia realizados em abril de 2015:

·        Custo Financeiro: TJLP
·        Remuneração Básica do BNDES: 1,2% ao ano
·        Remuneração de Risco: até 2,87% ao ano, conforme o risco de crédito do cliente
·        Participação Máxima do BNDES:
– 50% dos itens financiáveis, para hidrelétricas acima de 30 MW e geração de energia não-renovável, e
– 70% dos itens financiáveis, para hidrelétricas abaixo de 30 MW e demais energias renováveis

Prazo de amortização:
– até 20 anos, para hidrelétricas de qualquer capacidade, e
– até 16 anos, para as demais energias renováveis e para energias não-renováveis
·        Possibilidade de conversão do sistema de amortização da dívida do BNDES de SAC para Price quando houver emissão de debêntures de infraestrutura pela beneficiária do crédito, sendo o valor do crédito do BNDES dimensionado de acordo com o Sistema SAC

O financiamento do Banco à aquisição de máquinas e equipamentos importados sem similar nacional terá as seguintes condições específicas:

·        Custo Financeiro: Cesta de moedas ou custo de mercado (TJFPE ou IPCA ou TS ou TJ3 ou TJ6)
·        Remuneração Básica do BNDES: 2% ao ano
·        Taxa de Risco de Crédito: até 2,87% ao ano, conforme o risco de crédito do cliente
·        Taxa de Intermediação Financeira: 0,5% ao ano
·        Remuneração da Instituição Financeira Credenciada: negociada entre a instituição financeira credenciada e o cliente.

 

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia