Bovespa devolve perdas e fica aos 0,37% e IEE mantém queda

Volume financeiro ficou em R$7,2 bilhões

Ibovespa no azul

A Bolsa de Valores de São Paulo recuperou o fôlego da abertura no negativo nesta terça-feira, com os investidores surpreendendo o mercado com o fluxo.

Ao final, o Ibovespa ficou em 0,37% aos 52.343 pontos e o IEE em 0,07% aos 30.521 pontos. O volume de negócios foi de R$7,2 bilhões, ou seja, na média diária.

“O que nós acompanhamos foi o estresse do mercado nos últimos dias, com a Grécia na pauta principal. Hoje, os investidores ficaram um pouco mais calmos e voltaram analisando os fundamentos de melhora lá fora. Porém, as questões políticas do cenário doméstico seguem no rodar. O interessante dessa sessão foi o volume médio”, considerou o analista da Leme Investimentos, João Pedro Brugger.

Hoje, os preços do petróleo voltaram a ficar no positivo, porém abaixo da média dos US$60,00 o barril.

Entre as altas no IEE estavam as ações da Cesp PN(0,10% a R$19,89); Copel PNB (1,35% a R$34,554), Energias do Brasil ON (1,53% a R$11,91), Equatorial ON (0,33% a R$36,57); e AES Tietê PN (0,97% a R$17,65).

Na contramão no IEE estavam as ações da Alupar UNT (-1,29% a R$16,83); Coelce PNA (-1,44% a R$41,20); Eletrobras PNB (-2,29% a R$8,55); e Eletropaulo PN (-0,22% a R$17,85).

Carteira teórica

Na carteira teórica do Índice Bovespa que passa a vigorar a partir de 05 de maio de 2015 a 4 de setembro de 2015 estão: Itauunibanco PN (11,144%), Bradesco PN (8,440%), Ambev S/A ON (7,378%), Petrobras PN (5,687%) e Petrobras ON (4,166%).

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia