Bovespa fecha em alta e IEEX acompanha 0,8%

O volume financeiro ficou em R$7,3 bilhões

Arquivo: UI

A Bovespa ganhou força no final da sessão desta quinta-feira, com os investidores atentos ao pacote de medidas para a economia brasileira anunciado no final desta tarde pelo presidente Michel Temer, em Brasília. Com isso, a bolsa descolou do cenário norte-americano com a alta de juros do Federal Reserve.

Ao final, o Ibovespa ficou em alta de 0,32% aos 58.396 pontos. O IEEX ficou em alta de 0,89%.  O volume financeiro ficou em R$7,3 bilhões.

“O pacote é uma sinalização de que a economia poderá retomar o crescimento em 2017. Já o Fed não surpreendeu com a elevação dos juros, mas sim pela estimativa de três aumentos no ano que vem. Por outro lado, a Bolsa deverá mesmo sustentar acima dos 60 mil pontos nesta reta final do ano, são mais de 100 mil contratos entrando e o Brasil está comprado. Portanto, o ambiente está mais positivo”, considerou o diretor da Codepe Investimentos, José Costa Gonçalves.

Entre as altas no Ibovespa ficaram as ações da Gerdau Metalúrgica PN, alta de 8,87%; Usiminas PNA, alta de 5,19%; Gerdau PN, alta de 5,05%; Qualicorp ON, alta de 4,94%; e Bradespar PN, alta de 4,10%.

Na contramão ficaram as ações da Cielo ON, queda de 5,92%; Smiles ON, queda de 3,68%; BR Malls ON, queda de 2,82%; Embraer ON, queda de 2,79%; e Localiza ON, queda de 2,32%.

Carteira teórica

Na carteira teórica, que vigora entre 05 de setembro de 2016 a 29 de dezembro de 2016, estão os cinco ativos que apresentaram o maior peso na composição do Ibovespa estão Itauunibanco PN (10,594%), Ambev S/A ON (8,588%), Bradesco PN (7,955%), Petrobras PN (5,523%) e Petrobras ON (4,268%).

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia