Bovespa fecha em queda e IEE fica com 1,51% de alta na semana

Volume financeiro ficou abaixo da média, R$5,6 bilhões

Bolsa paulista

A Bolsa de Valores de São Paulo fechou em alta de 0,75% na semana. Nesta sessão, o Ibovespa perdeu 0,90% aos 53.749 pontos. O giro financeiro ficou em R$5,6 bilhões.

Na semana, o IEE ficou em alta de 1,51% e nesta sexta-feira manteve  a estabilidade fechando aos 30.445 pontos.

“O mercado, no geral, olhou para os indicadores domésticos, como o IPCA-15, que subiu, o indicador do emprego, Caged, também decepcionou. Para completar, a Grécia não chegou ao acordo com o Eurogrupo e a China despencou, com medidas que o Banco Popular poderá adotar  para conter as especulações no mercado acionário com a lista de IPOs”, disse o operador de mesa da corretora Renascença, Luiz Roberto Monteiro.

De acordo com Monteiro, esse pacote refletiu no comportamento do Ibovespa, bem como a nova etapa da “Operação Lava-Jato”.

Para o setor de energia, os preços do petróleo em queda tiveram influência das questões entre a Grécia e seus credores. Há uma preocupação também com a oferta de gás de xisto nos Estados Unidos, o que acabou puxando para baixo as ações de energia elétrica em Wall Street.

Já por aqui, as medidas para as energéticas também seguem influenciando nos papéis, tanto no IEE como no Ibovespa.

Entre as altas no IEE estavam as ações da Alupar UNT N2 (0,49% a R$16,28); Cesp PNB (0,05% a R$20,45), CPFL Energia ON (0,36% a R$19,45), Energias BR ON (2,51% a R$11,43); e Equatorial ON (1,17% aos R$35.46).

Na contramão no IEE estavam as ações da Cemig PN N1(-2,53% a R$13,10); Copel PN N1 (-2,53% a R$33,48); Eletrobras PNB (-0,74% a R$9,33); e Light ON (-1,10% a R$17,01).

Carteira teórica

Na carteira teórica do Índice Bovespa que passa a vigorar a partir de 05 de maio de 2015 a 4 de setembro de 2015 estão: Itauunibanco PN (11,144%), Bradesco PN (8,440%), Ambev S/A ON (7,378%), Petrobras PN (5,687%) e Petrobras ON (4,166%).

 

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia