Bovespa fecha em queda e IEE recua 1,73% na semana

Volume financeiro ficou em R$ 5 bilhões, abaixo da média diária

IEE recuado

A Bolsa de Valores de São Paulo encerrou a semana com alta de 0,70%. Nesta sessão, o Ibovespa recuou 0,64% aos 53.347 pontos e o IEE também perdeu 0,78% aos 29.992 pontos. Na semana, o indicador de energia elétrica ficou em queda de 1,73%.

O giro financeiro desta sessão ficou abaixo da média diária, R$5 bilhões.

“Sem dúvida que essa semana o mercado doméstico acompanhou os acontecimentos entre o FMI e a Grécia. Por outro lado, os ruídos sobre o fechamento do superávit, com as atenções das agências de classificação de riscos, e a possível retomada da CPMF acabaram por tirar o apetite do mercado”, afirmou o diretor da Máxima Corretora, João Costa Gonçalves.

Na próxima segunda-feira (15) é dia de vencimento de opções.

Entre as altas no IEE estavam as ações da Coelce PNA (0,40% a R$42,37);Energias BR ON (0,86% a R$10,50); e AES Tietê PN (0,12% a R$17,12).

Na contramão no IEE estavam as ações da Alupar UNT (-2,60% a R$16,47); CPFL Energria ON (-0,52% a R$19,30); Copel PNB (-0,96% a R$33,07); Eletrobras PNB (0,64% a R$9,37); e Eletrobras PN (-1,01% a R$15,64).

Carteira teórica

Na carteira teórica do Índice Bovespa que passa a vigorar a partir de 05 de maio de 2015 a 4 de setembro de 2015 estão: Itauunibanco PN (11,144%), Bradesco PN (8,440%), Ambev S/A ON (7,378%), Petrobras PN (5,687%) e Petrobras ON (4,166%).

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia