Bovespa fecha no azul e IEE fica na contramão em 0,44%

Volume negociados ficou abaixo do média de R$6,8 bilhões

Iee em alta

A Bolsa de Valores de São Paulo fechou em alta nesta terça-feira, com véspera de vencimento de opções do Ibovespa e do índice futuro na BM&F. Os investidores descolaram das questões da Grécia e seguem atentos para a reunião do Federal Reserve, que começou hoje e termina amanhã. É aguardada uma decisão sobre a elevação das taxas de juros dos Estados Unidos, ou uma pista de quando isso ocorrerá.

Ao final, o Ibovespa ficou em alta 1,06% aos 53.702 pontos e o IEE recuou 0,44% aos 29.959 pontos. O giro financeiro ficou em R$6,8 bilhões.

“Hoje, o que se viu foram os papéis de peso segurando o índice, como a Petrobras e bancos. A Vale recuou com os preços do minério de ferro caindo na China. A bolsa operou descolada dos problemas na Grécia”, pontuou o superintendente de operações da corretora Souza Barros, Ricardo Pinto Nogueira.

Ainda nesta sessão, no interbancário, o dólar comercial fechou em queda de 1,02% cotado a R$3,094 na compra e R$3,095 na venda.

Entre as altas no IEE estavam as ações da Coelce PNA (0,24% a R$42,50), Copel PNB N1 (1,98% a R$33,55), Equatorial ON (1,33% a R$34,35); e CPFL Energia ON (0,42% a R$19,24).

Na contramão no IEE estavam as ações da Alupar UNT (-1,64% a R$16,18); Cesp PNB (-0,84% a R$20,05); Cemig PN N1 (-1,22% a R$12,96); e Eletrobras PNB (-1,80% a R$9,27).

Carteira teórica

Na carteira teórica do Índice Bovespa que passa a vigorar a partir de 05 de maio de 2015 a 4 de setembro de 2015 estão: Itauunibanco PN (11,144%), Bradesco PN (8,440%), Ambev S/A ON (7,378%), Petrobras PN (5,687%) e Petrobras ON (4,166%).

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia