Bovespa fecha semana com perdas de IEE valoriza 1,33%

Giro financeiro fica em baixa de R$2,8 bilhões

Bolsa para baixo

A Bovespa fecha a semana em queda de 2,78%. Já nesta sexta-feira, o Ibovespa ficou em queda de 1,10% aos 52,519 pontos. O giro financeiro, sem o investidor estrangeiro, ficou em R$2,8 bilhões.

Na semana, o IEE teve valorização de 1,33% e nesta sessão ficou estável aos 30.695 pontos.

“Sem a referência dos Estados Unidos e com as atenções voltadas para a Grécia, a Bovespa operou em queda. Os papéis da Petrobras caíram com os preços do petróleo e as da Vale com os números nada interessantes da China”, disse o operador da corretora Renascença, Luiz Roberto Monteiro.

O HSBC PMI Composite da China, que abrange tanto a indústria e serviços, apontou para um novo aumento na atividade de negócios total em junho. No entanto, a taxa de expansão diminuiu para um ritmo marginal,  mais lento desde maio de 2014. Pelo Índice HSBC, ficou acima da marca neutra de 50,0 em 50,6 em junho, ante 51,2 em maio.

Entre as altas no IEE estavam as ações da CPFL Energia ON (0,53% a R$18,84); Copel PNB (1,26% a R$35,30), Equatorial ON (0,91% a R$36,41),Taesa UNT N2 (0,33% a R$21,06); e Tractebel ON (0,09% a R$34,48).

Na contramão no IEE estavam as ações Eletrobras PNB (-0,35% a R$8,50); Eletropaulo PNB (-2,23% a R$18,45); AES Tietê PN (-0,57% a R$17,58); e Trans Paulista PN (-0,63% a R439,20).

Carteira teórica

Na carteira teórica do Índice Bovespa que passa a vigorar a partir de 05 de maio de 2015 a 4 de setembro de 2015 estão: Itauunibanco PN (11,144%), Bradesco PN (8,440%), Ambev S/A ON (7,378%), Petrobras PN (5,687%) e Petrobras ON (4,166%).

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia