Bovespa perde 0,39% com Grécia e IEE sobe

Volume financeiro fica acima da média em R$7,9 bilhões

Mercados no vermelho

A Bolsa de Valores de São Paulo fechou em queda nesta segunda-feira, com os investidores olhando para o cenário da Grécia. O Ibovespa perdeu 0,39% aos 53.137 pontos e o IEE em alta de 0,33% aos 30.092 pontos. O giro financeiro ficou em R$7,9 bilhões.

“A Bovespa operou com cautela, seguindo os demais mercados, diante da situação desesperadora da Grécia. Não existe outro fator, pelos menos no geral”, disse o operador da corretora Renascença, Luiz Roberto Monteiro.

Já para as elétricas, as expectativas prosseguem para as concessões, ajustes e tarifas. “O setor tem sofrido muitas variações e os papéis de cada empresas refletem um seguimento”, considerou

Pela manhã, logo depois do vencimento de opções sobre ações, o volume aumentou em R$ 4 bilhões nas primeiras duas horas de negociações.

Neste final de semana, aumentou a pressão sobre o representantes do país grego para retornar à mesa de negociações e fazer mais concessões.

As negociações, em Bruxelas, entre a Grécia e os seus credores se desfez depois de apenas 45 minutos de reunião neste domingo, o que significa que a próxima no dia 18, entre ministros das finanças da zona do euro, pode ser decisiva para o destino da Grécia.

“A Europa precisa de um “acordo forte e abrangente, e nós precisamos disso muito em breve”, disse o presidente do Banco Central Europeu (BCE) Mario Draghi aos legisladores no Parlamento Europeu, em Bruxelas.

Novos rumores dão conta da saída da Grécia da zona do euro, com o governo tentando conseguir novos limites que o país possa se comprometer.

Os investidores globais seguem atentos para a reunião do Federal Reserve (Fed) na próxima quarta-feira (17), para o aumento nas taxas de juros.

Entre as altas no IEE estavam as ações da Energias BR ON (3,81% a R$10,90).

Na contramão no IEE estavam as ações Copel ON (-2,60% a R$21,71); Eletrobras ON (-0,31% a R$6,44); e AES Tietê ON (-5,08% a R$9,35).

Carteira teórica

Na carteira teórica do Índice Bovespa que passa a vigorar a partir de 05 de maio de 2015 a 4 de setembro de 2015 estão: Itauunibanco PN (11,144%), Bradesco PN (8,440%), Ambev S/A ON (7,378%), Petrobras PN (5,687%) e Petrobras ON (4,166%).

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia