Bovespa recua 0,48% e elétricas acompanham

Eletrobras engatou queda e puxou as demais também no Ibovespa

Arquivo:SE

A Bolsa de Valores de São Paulo fechou em queda nesta quinta-feira. O Ibovespa recuou 0,48% aos 53.976 pontos e o IEE em 0,89% aos 31.098 pontos. O giro financeiro ficou em R$5,3 bilhões.

“O mercado segue oscilando com as questões políticas, como as aprovações das nas medidas provisórias ocorridas ontem. A Petrobras recuperou ligeiramente e a Vale ficou voltada para a China”, disse o superintendente da corretora Souza Barros, Ricardo Pinto Nogueira.

A aprovação das MPs 664 (pensões) e 665 (seguro desemprego) ocorreram no noite desta quarta-feira (27), uma da principais do ajuste fiscal.

Para os recuos da elétricas, Nogueira considerou os desinvestimentos anunciados pelo Ministério de Minas e Energia. “É um passo que precisa ser dado. O setor energético brasileiro passa por renovações e o importante é aplicar em segmentos prioritários. Hoje, as elétricas devolveram as altas”, concluiu.

Entre as altas no IEE estavam as ações da Eletropaulo (1,08% a R$16,81).

Na contramão no IEE seguiam as ações da Eletrobras PNB (-1,80% a R$9,82); Energias BR ON (-1,52% a R$11,05); Copel PNB (-1,73% a R$33,55); Alupar UNIT (-1,15% a R$18,00) ; e Cemig PN (-1,08% a R$14,67).

No Ibovespa nenhuma das elétricas ficaram no positivo.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia