Bovespa recua e elétricas ficam no azul com IEE em quase 2%

Volume financeiro fica em R$5,8 bilhões

Economia dos EUA questionada

A Bolsa de Valores de São Paulo devolveu a alta da sessão anterior nesta quinta-feira, com os investidores analisando o momento econômico global e, principalmente com a temporada de balanços corporativos dos grandes players, como Vale, Ambev, bancos.

Por outro lado, as atenções se voltam também para os Estados Unidos, com os indicadores acima do esperado e sugerindo que o Federal Reserve inicie mesmo a elevação dos juros.

O Ibovespa ficou em queda de 0,69% aos 49.897 pontos e o IEE ficou em alta de 1,94% aos 29.121 pontos. O giro financeiro ficou em R$5,8 bilhões.

“O mercado bem que ficou animado com o comunicado do Banco Central sobre a elevação da taxa referencial do País, o que acabou surtindo um efeito maior no câmbio e nos DIs. O PIB dos Estados Unidos, com o Fed acabou puxando o índice. Os impactos dos resultados financeiros é que seguem dando o ritmo da bolsa”, pontuou o analista da Leme Investimentos, João Pedro Brugger.

A Vale divulgou balanço nesta quinta-feira e reportando lucro líquido de R$5,1 bilhões no segundo trimestre, elevação de 61,4% ante o mesmo período de 2014.  A receita somou R$22,4 bilhões, queda de 3%, se comparado com o período do ano passado. Esse recuo trouxe os papéis da mineradora brasileira para baixo.

Considerando os demais resultados de empresas brasileiras e bancos, a Petrobras também devolveu e não conseguiu sustentar sozinha a queda do Ibovespa.

Na outra ponta, o bom humor tomou conta dos investidores com as elétricas reportando resultados interessantes, apesar da crise hídrica e econômica do País.

Os preços do petróleo recuaram no cenário internacional e ficaram abaixo dos US$60,00 o barril, uma das influências também para a Petrobras.

Entre as altas no IEE estavam as ações da Alupar UNT N2 (1,24% a R$16,30); Cesp PNB N1 (4,26% a R$18,60): Cemig PN N1 (2,56% a R$9,21), Energias do Brasil ON (3,86% a R$13,19); e Copel PNB N1 (2,24% a R$34,25).

Na contramão no IEE estavam as ações da Equatorial ON (-0,06% a R$35,98); e Trans. Paulista PN (-0,52% a R$40,15).

Carteira teórica

Na carteira teórica do Índice Bovespa que passa a vigorar a partir de 05 de maio de 2015 a 4 de setembro de 2015 estão: Itauunibanco PN (11,144%), Bradesco PN (8,440%), Ambev S/A ON (7,378%), Petrobras PN (5,687%) e Petrobras ON (4,166).

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia