CCEE aponta queda de 4% no consumo de energia pelos segmentos da indústria

Números são referentes aos cinco meses de 2015

Tabela da CCEE

Os dados prévios de medição coletados pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE apontam queda de 4% no consumo, entre janeiro e maio de 2015, pelos segmentos industriais que adquirem energia no Ambiente de Contratação Livre – ACL. O montante de 11.734 MW médios de energia consumida no período é cerca de 471 MW menor que a média registrada nos primeiros cinco meses de 2014.

Dentre os setores com maior relevância para a economia, o de veículos foi o que apresentou maior redução no consumo de energia nos primeiros meses do ano, registrando queda de 13% em relação ao mesmo período de 2014 (Ver tabela).

Já o setor de metalurgia e produtos de metal, maior consumidor de energia no mercado livre, também teve retração no consumo com 3.175 MW médios no período, montante 8% menor que o registrado no ano passado.

Os números do consumo nos setores de saneamento (-16%), bebidas (-14%), manufaturados (-6%), minerais não metálicos (-7%), também ficaram abaixo na comparação.

Houve aumento, no entanto, em três setores da indústria acompanhados pelas medições da CCEE. O de extração de minerais metálicos teve alta de 17% no consumo, enquanto os de telecomunicações e de comércio registraram aumento de 8% e 4%, respectivamente, frente ao período utilizado no comparativo.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia