ENGIE Brasil Energia fica com lucro líquido de R$328 milhões no 2T16

Ex-Tractebel Energia volta a distribuir 100% de dividendos

Divulgação

Logo depois do fechamento do mercado, a ENGIE Brasil Energia (ex- Tractebel Energia) divulgou o resultado financeiro referente ao segundo trimestre de 2016.

O lucro líquido foi de R$ 328,8 milhões, valor 57,1% ou R$ 119,5 milhões, acima do alcançado no mesmo período do ano passado. O EBITDA no período foi de R$ 751,7 milhões, aumento de 28,3% em comparação ao segundo trimestre de 2015. Já a receita líquida de vendas teve um aumento de 1,7% (R$ 25,8 milhões) em comparação ao mesmo período do ano passado, totalizando R$ 1,507 bilhão.

Esses números, segundo o diretor-presidente da ENGIE Brasil Energia, Eduardo Sattamini, são o resultado da conjunção de dois fatores: redução do défice de geração hidrelétrica e queda no preço do PLD, que caiu 80% se comparado ao 2TRI2015. Sattamini lembra também que o preço médio dos contratos de venda de energia foi de R$ 180,4/MWh no segundo trimestre deste ano – valor 6,1% maior do que o registrado no mesmo período de 2015. “Isso também impactou positivamente no resultado, embora em menor grau”.

Depois de dois anos de estiagem, aos poucos os reservatórios das hidrelétricas voltam à normalidade. Ao mesmo tempo, a quantidade de energia vendida no trimestre em análise foi 4,9% menor do que o comercializado no mesmo período de 2015. “A crise econômica provocou desaceleração no reajuste de preços, mas o impacto, no curto prazo, foi pouco relevante, pois a Companhia está bem contratada para os próximos anos. Nosso desejo é que o País volte a crescer antes do final deste ano e que possamos ver os preços melhorarem e a demanda por energia reagir”, comenta.

Dividendos

Outra boa notícia para os investidores é que a Companhia volta a distribuir 100% de dividendos. No ano passado, nesse período, a Empresa distribuiu 55%, pois precisava preservar o caixa prevendo os investimentos a serem feitos. “Mas, agora, a ENGIE Brasil Energia, além de manter boa posição de caixa, teve confirmada a liberação do financiamento do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Social) para o Complexo Eólico Santa Mônica, no Ceará, no valor de R$ 353,5 milhões”, ressalta Sattamini. Ele acrescenta que a Companhia emitiu no dia 27 de julho, R$ 600 milhões em debêntures, que serão destinados à implantação da Usina Termelétrica Pampa Sul (Miroel Wolowski), em Candiota (RS).

Nova marca

No dia 14 de julho, em Assembleia Geral Extraordinária, foi aprovada a alteração da razão social da Companhia de Tractebel Energia S. A. para ENGIE Brasil Energia S. A. Atualmente, as ações da Companhia usam o código EGIE3 na negociação da bolsa de valores e o nome de pregão ENGIE Brasil. No mercado norte-americano, os ADR (American Depositary Receipts), a Companhia passou a utilizar o código EGIEY. Essa mudança está em linha com a estratégia mundial da ENGIE, Controladora da Companhia, de ter um nome e uma marca em todo o mundo: ENGIE.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia