EPE: Leilão de Reserva tem mais de mil projetos cadastrados

Eólica, com 730 projetos e oferta de 17.694 MW

Maurício Tolmasquim

A Empresa de Pesquisa Energética (EPE) cadastrou mais de mil projetos para 2º Leilão de Energia de Reserva (LER). O prazo que terminou ontem (21) atraiu um total de 1.379 projetos, que representam 38.917 Megawatts (MW) em capacidade instalada.

Do total cadastrado, 730 projetos referem-se à energia eólica, somando 17.964 MW, e 649 empreendimentos à energia fotovoltaica (solar), com 20.953 MW.

“Esse leilão bateu recorde de projetos inscritos, o que mostra o interesse crescente dos investidores por energias renováveis”, avaliou o presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Mauricio Tolmasquim.

Todos os projetos ainda passarão pelo processo de habilitação antes do leilão, marcado para o dia 13 de novembro deste ano.

O Estado da Bahia mais uma vez lidera a lista de projetos, com 243 inscritos para energia eólica e 192 para fotovoltaica, totalizando mais de 12 mil MW. O Rio Grande do Norte aparece em segundo lugar, com 184 projetos eólicos e 97 de energia solar, um total de 7.648 MW.

Fontes

Eólica, com 730 projetos e oferta de 17.694 MW e Fotovoltaica com 649 projetos e 20.953 MW.

A potência dos projetos fotovoltaicos é expressa MWp (Megawatt-pico), sendo a soma das potências nominais dos módulos fotovoltaicos em corrente contínua.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia