Estoques de petróleo dos EUA caíram em 7,2 milhões de barris na semana passada

Os estoques de gasolina diminuíram em 1,0 milhões de barris na semana passada

Refinarias dos EUA

As entradas nas refinarias dos Estados Unidos de petróleo bruto, em média, estavam em 17,3 milhões de barris por dia durante a semana que terminou em 21 de julho de 2017, são 166 mil barris por dia a mais do que a média da semana anterior. Os dados são da Agência de Energia e foram apresentados nesta quarta-feira.

Os estoques de petróleo bruto comercial (excluindo da Reserva Estratégica) diminuíram 7,2 milhões de barris da semana anterior, acima das estimativas de 3,3 milhões de barris. Aos 483,4 milhões de barris, os estoques de petróleo bruto estão na metade superior da faixa média para esta época do ano. O total dos estoques de petróleo comercial diminuiu em 9,4 milhões de barris na semana passada.

A produção de gasolina aumentou, com média de 10,4 milhões de bpd. A produção de combustíveis destilados subiu, com média de mais de 5,1 milhões de bpd.

As importações de petróleo bruto, em média, estavam em mais de 8,0 milhões de bpd na última semana, são 48 mil bpd ante a semana anterior. Ao longo das últimas quatro semanas, as importações de petróleo bruto estavam em 7,8 milhões de bpd, ou seja, 4,2% abaixo do mesmo de quatro semanas período do ano passado. As importações totais de gasolina para motores (incluindo acabada e componentes da mistura) na semana passada estavam em 723 mil bpd. As importações de combustíveis destilados, na média, eram de 130 mil bpd na semana passada.

Os estoques de gasolina diminuíram em 1,0 milhões de barris, mas estão na metade superior do intervalo médio. Os estoques de gasolina acabada e componentes da mistura diminuíram na semana passada. Os estoques de combustíveis destilados diminuíram em 1,9 milhões de barris, mas estão perto do limite superior da gama média para esta época do ano.

Os estoques de propano/propileno aumentaram em 0,2 milhões de barris na semana passada, mas estão na metade inferior da faixa média.

As refinarias operaram com 94,3% de sua capacidade operacional na semana passada.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia