Ibovespa fecha em alta e IEE acompanha em 0,4%

O volume financeiro ficou em R$7,4 bilhões

Arquivo: UI

O Ibovespa fechou em alta no primeiro pregão de agosto, com os investidores analisando os últimos resultados corporativos e números da economia doméstica, em especial a balança comercial e produção industrial. O cenário externo também contribui com os números da China.

Os preços do petróleo e do minério de ferro ficaram no negativo e pressionaram os papéis da Vale e Petrobras, mas que foram compensados pelas ações dos bancos e gigantes de celulose.

Ao final, o Ibovespa estava em alta de 0,90% aos 66.516 pontos. O volume financeiro ficou em R$7,4 bilhões. O IEE ficou em alta de 0,44%.

“A bolsa encerrou julho bem, o recesso parlamentar ajudou e deixando as decisões mais críticas para os próximos dias. No movimento de hoje, os dados da China, Europa e do Brasil ficaram mais positivos e dando a impressão de que existe uma recuperação global, mesmo com o cenário político confuso”, considerou o analista de investimentos da Magliano Corretora,  Pedro Gadi.

A certeza de que o Copom vai seguir cortando a Selic, a produção industrial e os números da balança comercial pesaram no desempenho do Ibovespa. ” Esses 66 mil pontos apontam para o avanço de até os 70 mil, mas vai depender da permanência do presidente, votação da Reforma da Previdência e do ajuste fiscal. O que se vê, pelo menos até agora, são bons resultados corporativos e com as empresas mais dispostas para a retomada dos investimentos”, destacou Galdi.

As ações com ganhos
Suzano Papel PNA, alta de 7,85%; Itau Unibanco PN, alta de 3,35%; Itausa PN, alta de 3,24%; Fibria ON, alta de 4,17%; e BRF ON, alta de 3,39%.

As ações com perdas
MRV ON, queda de 3,35%; Cosan ON, queda de 1,94%; Natura ON, queda de 1,80%; e Ecorodovias ON, queda de 1,22%.

A Petrobras ficou em queda de 0,87% e a PN, queda de 1,28%.
A Vale ON ficou em queda de 0,77% e a PN, queda de 0,93%.

 

Carteira Teórica

A Carteira Teórica, que passou a vigorar de 02 de maio a 01 de setembro no Ibovespa, mostra os cinco ativos com maior peso no índice: Itauunibanco PN (11,453%), Bradesco PN (8,244%), Ambev S/A ON (7,299%), Petrobras PN (5,331%) e Vale PNA (4,727%).

Commodities

O petróleo WTI, para entrega em setembro, ficou em queda 2,03%, cotado a US$ 49,15.

O minério de ferro negociado no porto de Gingdao, China, fechou em queda de 0,19% aos US$73,56 a tonelada seca e com 62% de pureza.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia