Ibovespa fecha em alta e IEE acompanha

Os contratos futuro para entrega em julho estavam em alta de 2,03% negociados aos US$ 48,35 o barril

Arquivo:SE

A bolsa de valores de São Paulo operou de lado nesta terça-feira, com os investidores atentos para as decisões em Brasília. Na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado a sessão para a votação da reforma Trabalhista prossegue com forte resistência da oposição.

Ainda na Capital do País, no <a href=”https://www.ultimoinstante.com.br/ultimas-noticias/politica/entenda-o-julgamento-que-pede-cassacao-da-chapa-dilma-temer/188363/”>Tribunal Superior Eleitoral</a> (TSE) está tudo pronto para o julgamento da chapa Dilma-Temer na eleição de 2014.

Ao final, o Ibovespa ficou em alta de 0,81% aos 62.954 pontos.O IEE ficou em alta de 0,49% . O giro financeiro ficou em R$6,6 bilhões

As ações com ganhos
JBS ON, alta de 8,50%; BR Mall ON, alta de 4,82%; Estacio Participações ON, alta de 4,21%; Cyrela Realt ON, alta de 3,91%; Eletrobras PNB, alta de 4,73%.

As ações com perdas
Suzano Papel PNA, queda de 1,82%; Natura ON, queda de 1,51%; Fibria ON, queda de 1,49%; Cielo ON, queda de 1,32%; e Braskem PNA, queda de 1,27%.

A Vale ON ficou em alta de 1,02% e a PN, alta de 0,68%.

A Petrobras ON ficou em alta de 0,29% e a PN, alta de 0,23%

Carteira Teórica

A Carteira Teórica, que passou a vigorar de 02 de maio a 01 de setembro no Ibovespa, mostra os cinco ativos com maior peso no índice: Itauunibanco PN (11,453%), Bradesco PN (8,244%), Ambev S/A ON (7,299%), Petrobras PN (5,331%) e Vale PNA (4,727%).

Commodities

Os contratos futuro para entrega em julho estavam em alta de 2,03% negociados aos US$ 48,35 o barril.

O minério de ferro negociado no porto de Gingdao, China, fechou em alta de 0,23% a US$56,08 a tonelada seca e com 62% de pureza.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia