Ibovespa fecha em alta e IEE devolve 0,1%

Na 2ª prévia da Carteira Teórica entra a TAESA UNT (TAEE11)

Arquivo: UI

O Ibovespa fechou em alta nesta quarta-feira, com os investidores partindo para as compras, em dia de vencimento do índice futuro, e analisando a influência da nova meta fiscal apresentada na noite desta terça-feira (15) em Brasília.

O resultado de hoje na bolsa paulista também foi influenciado pela ata do Federal Reserve, que justificou a queda da inflação nos Estados Unidos como temporária e segue apostando na alta de 2%.

A posição da agência de classificação de risco, <a href=”https://www.ultimoinstante.com.br/ultimas-noticias/economia/mudanca-da-meta-nao-afeta-avaliacao-sobre-o-brasil-no-curto-prazo-diz-moodys/195092/”>Moody’s</a> para o Brasil, logo depois de anunciada a meta fiscal, também deu alívio aos negociadores.

Ao final, o Ibovespa ficou em alta de 0,35% aos 68.594 pontos. O giro financeiro ficou em R$21,2 bilhões. O IEE ficou em queda de 0,17%.

“O anúncio da nova meta fiscal, que embora precificada ainda despertava cautela. Hoje, o mercado ficou mais calmo e deverá permanecer assim buscando os 69 mil. A leitura agora é de que as reformas devem ficar para o ano que vem. Com isso, as atenções se voltam para o cenário externo. As agências de risco também acalmaram”, explicou o operador da Renascença, Luiz Roberto Monteiro.

As ações com ganhos

Usiminas PNA, alta de 3,68%; WEG ON, alta de 3,93%; Gerdau PN, alta de 2,83%; Suzano Papel PNA, alta de 4,72%; e Fibria ON, alta de 5,14%.

As ações com perdas

Qualicorp ON, queda de 3,56%; MRV ON, queda de 2,23%; Multiplan ON, queda de 1,99%; BRF ON, queda de 1,91%; e Natura ON, queda de 1,52%.

A Petrobras ON ficou em queda de 0,29% e a PN, queda de 0,15%.

A Vale ON ficou em alta de 1,96% e a PN, alta de 2,06%.

Pagamentos de dividendos: Grendene e WEG.

Carteira Teórica

A Carteira Teórica, que passou a vigorar de 02 de maio a 01 de setembro no Ibovespa, mostra os cinco ativos com maior peso no índice: Itauunibanco PN (11,453%), Bradesco PN (8,244%), Ambev S/A ON (7,299%), Petrobras PN (5,331%) e Vale PNA (4,727%).

Hoje a B3 divulgou a segunda prévia do Índice Bovespa que vai vigorar de 04 de setembro de 2017 a 28 de dezembro de 2017, com base no fechamento do pregão de ontem (15). A prévia do Ibovespa registra a entrada de TAESA UNT (TAEE11), totalizando 59 ativos de 56 empresas.

Os cinco ativos que apresentaram o maior peso na composição do índice foram: Itauunibanco PN (10,941%), Vale ON (9,031%), Bradesco PN (8,383%), Ambev S/A ON (7,135%) e Petrobras PN (4,788%).

Para efeitos de comparação, os ativos que apresentaram o maior peso na composição da carteira anterior do índice válida de 02 de maio de 2017 a 01 de setembro de 2017 foram: Itauunibanco PN (11,453%), Bradesco PN (8,244%), Ambev S/A ON (7,299%), Petrobras PN (5,331%) e Vale PNA (4,727%).

Commodities

O petróleo WTI, para entrega em setembro, ficou em queda de 1,56%, cotado a US$ 46,81 o barril na bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.

O minério de ferro negociado no porto de Gingdao, China, fechou em queda de 0,96% aos US$72,97 a tonelada seca e com 62% de pureza.

 

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia