Ibovespa fecha em alta e IEE fica na contramão em 0,4%

O minério de ferro negociado no porto de Gingdao, China, fechou em queda de 2,09% aos US$68,73 a tonelada seca e com 62% de pureza

Arquivo:UI

O Ibovespa operou volátil, mas encerrou a semana em alta de 1,25%. Nesta sexta-feira, o índice foi embalado pelas notícias corporativas e alguns papéis reagindo aos preços das commodities.

Entre as ações que se destacaram no pregão de hoje as da Estácio Participações superaram as demais e ajudaram a amparar o índice Bovespa. A educacional apresentou lucro líquido acima das estimativas, R$613 milhões, depois de prejuízo de quase R$20 milhões e com o CADE não aprovando o negócio com a Kroton.

Ao final o Ibovespa ficou em alta de 0,34% aos 65.497 pontos. O giro financeiro ficou em R$6,1 bilhões. O IEE ficou em queda de 0,43%.

As ações com ganhos
Estacio Part. ON, alta de 14,78%; Multiplan ON, alta de 4,59%; Natura ON, alta de 3,09%; Eletrobras PNB, alta de 2,80%; e Eletrobras ON, alta de 2,58%.

As ações com perdas
Sabesp ON, queda de 3,15%; JBS ON, queda de 2,91%; Ecorodovias ON, queda de 2,46%; Santander BR UNT, queda de 1,80%; e RaiaDrogasil ON, queda de 1,59%.

A Petrobras ON ficou em alta de 0,22% e a PN, alta de 1%.

A Vale ficou em alta de 2,15% e a PN, alta de 2,05%.

Análise Alvaro Bandeira

A semana foi movimentada no lado econômico, com indicadores e bancos centrais definindo as taxas de juros. O destaque ficou para o avanço das diferenças entre os Estados Unidos e a Coreia do Norte, que segue testando os mísseis. O míssil de hoje, intercontinental, caiu no mar do Japão e despertou ainda mais a cautela das autoridades globais. “As decisões, tanto do Fed como do BCB eram esperadas. Porém, os Estados Unidos seguem testando a força com a Coreia do Norte, o que pode gerar um conflito e não é nada interessante para as economias globais. Ainda na semana, os dados econômicos divulgados foram interessantes, inclusive por aqui, como por exemplo o déficit primário, mas não dá pra comemorar já que outros números ficaram ruins. Com isso, o mercado vem se protegendo e aguardando o retorno do Congresso. Se ocorrer uma melhora no quadro político, o resto segue tendência positiva”, destacou Bandeira.

Outro ponto importante da semana foram os balanços corporativos, tanto no cenário externo como no doméstico, com as empresas aproveitando o quadro interno para ajustar e “limpar” os resultados, principalmente as que estão com dívidas em grande escala e em dólar. ” No quadro geral, diante das dificuldades dos últimos anos e comparado com o mesmo período de 2016, os resultados estão interessantes neste segundo trimestre e podem melhorar ainda mais no terceiro, mas vai depender da política. Sobre a limpeza nos balanços é importante destacar que não se trata aumento de caixa, pelo menos até que a economia dê sinais de fortalecimento”, explicou o analista.

Para o cenário externo, o destaque de hoje foi o PIB dos Estados Unidos. “Hoje, nesta prévia do PIB norte-americano, o avanço de 2,6% ficou pouco abaixo dos 2,7% esperado, o que está longe de ser ruim e está dentro da meta. Olhar para o déficit primário do Brasil foi bom, mas está longe de ser ótimo”, disse Bandeira.

Na próxima semana, mais precisamente no dia 02, os congressistas retornam para Brasília e com a enxurrada de votações. “O mercado está se protegendo, o Congresso está voltando e as votações na Câmara serão prioridades e, com certeza, ficaram no radar dos investidores. Mas eu acredito numa recuperação e no rumo mais tranquilo neste segundo semestre”, concluiu o analista-chefe e sócio do Modal Mais, Alvaro Bandeira.

Carteira Teórica

A Carteira Teórica, que passou a vigorar de 02 de maio a 01 de setembro no Ibovespa, mostra os cinco ativos com maior peso no índice: Itauunibanco PN (11,453%), Bradesco PN (8,244%), Ambev S/A ON (7,299%), Petrobras PN (5,331%) e Vale PNA (4,727%).

Commodities

O barril do tipo WTI, para entrega em setembro, ficou em alta de 1,51%, cotado a US$ 49,78.

O minério de ferro negociado no porto de Gingdao, China, fechou em queda de 2,09% aos US$68,73 a tonelada seca e com 62% de pureza.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia