Ibovespa opera para cima e IEE acompanha

Volume financeiro segue para os R$4 bilhões

Ibovespa

Em dia de calmaria “aparente” em Brasília, os investidores na bolsa de valores de São Paulo estão partindo para as compras nesta sexta-feira e amparados pelos índices de peso em Wall Street. As commodities estão devolvendo e as moedas estão enfraquecidas.

Há pouco, o índice Bovespa estava em alta de 0,56% aos 76.709 pontos. O volume financeiro era de R$3,7 bilhões. O IEE, que é de energia elétrica, seguia em alta de 0,15%.

As ações com ganhos
WEG ON, alta de 3,30%; Suzano Papel PNA, alta de 3,37%; Eletrobras ON, alta de 2,78%; Smiles ON, alta de 2,40%; e Sid. Nacional ON, alta de 2,23%.

As ações com perdas
P. de Açúcar PN, queda de 1,25%; JBS ON, queda de 1,24%; Copel PNB, queda de 0,68%; Estácio Part. ON, queda de 1,36%; e Ambev ON, queda de 0,82%.

A Petrobras ON estava em alta de 0,79% e a PN, alta de 1,11%.

A Vale ON estava em alta de 0,67% e a PN, alta de 0,52%.

A Eletrobras estava em alta de 2,77%.

Commodities

O petróleo referência, Brent, segue em alta na bolsa de Futuros de Londres em 0,14% aos US$58,21 o barril.

O petróleo WTI segue estável e cotado a US$ 51,29 o barril na bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.

O minério de ferro negociado no porto de Gingdao, China, fechou em alta de 2,60% aos US$62,46 a tonelada seca e com 62% de pureza.

A celulose fibra longa negociada fechou US$920,16, alta de 0,03%, a tonelada na sessão anterior. A celulose fibra curta fechou em US$918,31 e alta de 0,80%, a tonelada.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia