Ibovespa segura alta e IEE avança em 0,5%

O volume financeiro ficou em R$9,9 bilhões

Ibovespa no azul

O Ibovespa abriu setembro surfando nos 72 mil pontos, mas recuou e fechou a semana em alta de 1,20%. Hoje os investidores ficaram animados com os <a href=”https://www.ultimoinstante.com.br/ultimas-noticias/noticias-destaque/indicadores-veja-um-resumo-das-agendas-economicas-desta-sexta-feira-3/197747/”>indicadores</a> apresentados para a economia doméstica, como o PIB, a balança comercial e a atividade industrial medida pela Markit Economics. As commodities pesam na Petrobras, Vale e siderúrgicas, bem como as notícias corporativas pesando na <a href=”https://www.ultimoinstante.com.br/ultimas-noticias/economia/rpt-usiminas-conclui-renegociacao-de-divida-com-bancos-e-credores/197675/”>Usiminas</a>.

Ao final, o Ibovespa ficou em alta de 1,54% aos 71.923 pontos. O volume financeiro ficou em R$9,9 bilhões. O IEE subiu 0, 59%.

As ações com ganhos
Usiminas PNA, alta de 10,30%; Gerdau PN, alta de 6,24% Sid. Nacional ON, alta de 6,67%; e Gerdau Mt.PN, alta de 5,48%.

As ações com perdas
Qualicorp ON, queda de 2,47%; Multiplan ON, queda de 1,11%; MRV ON, queda de 0,59%; BR Malls ON, queda de 1,03%; e AMBEV ON, queda de 0,50%.

A Petrobras ON ficou em alta de 4,51% e a PN, alta de 2,71%.

A Vale ON ficou em alta de 1,68% e a PN, alta de 1,54%.
Análise Alvaro Bandeira

Depois dos bons resultados de agosto, os mercados seguem embalados nesta sexta-feira, com o Ibovespa mantendo o rali. “Agosto foi bom e setembro sinaliza que também será bom para os mercados. Hoje, o resultado do PIB, que surpreendeu, pode ser avaliado por dois motivos: o primeiro foi o aumento no consumo das famílias, com inflação para baixo; o segundo, que é ruim, foi a formação bruta de capital caindo e as taxas de investimento muito baixas”, considerou.

Ainda hoje, os números do Payroll ficaram bem abaixo das estimativas, o que desperta novamente a cautela para o setor de trabalho dos Estados Unidos. “Os dados das folhas de pagamento, a inflação e os salários baixos apresentados hoje para os Estados Unidos afastam para longe a decisão do Fed em mexer com as taxas de juros, que para o Brasil é muito bom, principalmente com os dados apresentados hoje do PIB e <a href=”https://www.ultimoinstante.com.br/ultimas-noticias/noticias-destaque/balanca-comercial-tem-superavit-recorde-em-agosto/197814/”>Balança Comercial</a>”, explica o analista.

Para o mercado acionário, Bandeira repete: “Setembro deve ser positivo e com o índice avançando, isso se o governo conseguir emplacar mais aprovações e se não surgirem novas delações contra Temer. Porém, o prazo é curto porque a semana que vem tem feriado e a prometidas votações ficaram para terça-feira. Se o presidente voltar, eu acredito, com investimentos da China na bagagem o resto do ano será positivo. Mas sem esquecer que depois de março, o tema principal será a sucessão presidencial”, finalizou o analista-chefe e sócio do ModalMais, Alavro Bandeira.

Commodities

O petróleo WTI ficou em alta de 0,15%, cotado a US$ 47,30 o barril na bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.

O minério de ferro negociado no porto de Gingdao, China, fechou em alta de 3,72% aos US$78,91 a tonelada seca e com 62% de pureza.

A celulose fibra longa negociada fechou US$890,60, queda de 0,04%, a tonelada na sessão anterior. A celulose fibra curta fechou em US$879,49 e queda de 0,06%, a tonelada.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia