Instituto EDP anuncia novos projetos apoiados em 2018

Iniciativas de entidades foram selecionadas por meio de uma avaliação e incluem ações em São Paulo, Espírito Santo e Tocantins

Divulgação

Em 2018, treze novos projetos educativos, de saúde e voltados ao esporte e à geração de renda estarão na pauta do Instituto EDP, organização que há dez anos gere as ações socioambientais do Grupo EDP. Os programas vão se somar aos 15 que continuam a todo o vapor em nove estados onde a Empresa está inserida (Amapá, Bahia, Ceará, Rio Grande do Norte, Tocantins, Espírito Santo, São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul).

“Queremos apoiar cada vez mais iniciativas que promovem o desenvolvimento humano e social. É por isso, que, neste ano, focamos a nossa parceria em ações e pessoas que tornam a sociedade melhor e dão oportunidade para o crescimento equilibrado e sustentável das comunidades em que atuamos”, explica Paulo Ramicelli, assessor de diretoria do Instituto EDP.

Confira alguns projetos:

Realizado em Poá, na área de distribuição de energia da EDP São Paulo, o Manobra do Bem, idealizado pela ONG Social Skate, oferece oficinas gratuitas para crianças e adolescentes em vulnerabilidade social da região, buscando a inclusão educacional, esportiva e na sociedade.

Brincadeira e segurança estarão juntas também em mais um ano do Brincando com Pipas, programa que, em 2018, chega também a Guarulhos. Desenvolvido em parceria com a Evoluir, a iniciativa utiliza o passatempo popular para conscientizar crianças a respeito dos riscos e o impacto que ocorrências com pipas podem gerar na rede de distribuição de energia.

Em São Sebastião, a parceria com o Instituto Verdescola no projeto Núcleo Socioeducativo e Gerando Amanhã promoverá a educação de mais de 700 crianças e adolescentes, estimulando a conscientização socioambiental, inclusão cultural, qualificação profissional e atuação como cidadãos junto à comunidade.

No Espírito Santo, a parceria com a Sociedade Amigos do Vale do Castelo (SAVAC), no projeto Recuperação de Nascentes: destinação e tratamento de efluentes domiciliares, implementará melhorias em nascentes dos municípios de Castelo, Conceição do Castelo e Muniz Freire para proteger as águas de contaminação, além de formar ambientalmente produtores rurais.

Participaram do processo de seleção, iniciativas aprovadas pelas Leis de Incentivo Federal nas áreas de Cultura (Lei Rouanet/Cultura – Nº 8.313/91), Esporte (Esporte – Nº 11.438/06) e Saúde (PRONON/Saúde – Nº Lei 12.715/12, destinada à Oncologia).

Para saber mais sobre o Instituto EDP, acesse: www.institutoedp.org.br

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia