José Medeiros defende revisão das políticas para a área de energia elétrica

Político reclamou que há pouca transparência no setor

Volume negativo

O senador José Medeiros (PPS-MT) advertiu que o Brasil precisa buscar, com urgência, uma solução para o setor elétrico, a partir da revisão cuidadosa das políticas para a área. Ele ressaltou que o alto custo da energia aumenta os custos da produção, diminuindo a competitividade da indústria e elevando o custo de vida no país.

José Medeiros reclamou que há pouca transparência no setor e que apenas na semana passada o governo anunciou as regras para a renovação das concessões das distribuidoras de energia. Como 36 das 45 concessões vencem este ano, sobra pouco tempo para as empresas se adequarem às novas exigências, observou o senador.

Segundo José Medeiros, é preciso cuidado para evitar os problemas ocorridos na renovação, quando as normas aprovadas acabaram por desorganizar o setor, provocando perdas de investimentos, queda do valor das empresas e aumento das despesas do Tesouro, que será coberto pelo contribuinte.

– Se nada for feito, e isso em tempo hábil, o mesmo vai acontecer com a renovação das concessões das distribuidoras, algo que ainda podemos e devemos evitar. Esse é um desafio que fica porque é um problema que, se não for resolvido agora, vai bater às portas desta Casa. Então, fica esse desafio e esse alerta para que o governo observe que já não é possível sermos o país da gambiarra; é preciso termos um planejamento – afirmou o senador.

José Medeiros observou ainda que não se vê nenhum movimento para a necessária redução de impostos e encargos da conta de luz, que hoje chegam a 46% do preço da energia. O problema é que nem a União nem os estados querem perder receita, disse o senador, ao advertir que sem uma mudança no setor o Brasil continuará tendo uma das energias mais caras do mundo.

Com Ag. Senado

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia