Petrobras reduz investimentos em US$ 90,3 bilhões para os próximos quatro anos

No novo plano a carteira de investimentos priorizará projetos de exploração e produção (E&P) de petróleo no Brasil

Parcer

Petrobras diminuiu os investimentos previstos para o período de 2015 a 2019 em 37%, o que significa US$ 90,3 bilhões a menos quando comparado com o previsto no Plano de Negócios e Gestão para 2014 à 2018. O Plano de Negócios e Gestão para 2015-2019 da empresa foi comunicado hoje (29) à Comissão de Valores Imobiliário (CVM) com investimento total para o período de US$ 130,3 bilhões.

No novo plano a carteira de investimentos priorizará projetos de exploração e produção (E&P) de petróleo no Brasil, com ênfase no pré-sal. Segundo a empresa, nas demais áreas de negócios “os investimentos destinam-se, basicamente, à manutenção das operações e a projetos relacionados ao escoamento da produção de petróleo e gás natural”.

Desses investimentos, 86% serão alocados para desenvolvimento da produção, 11% para exploração e 3% para suporte operacional. Serão destinados ainda US$ 64,4 bilhões a novos sistemas de produção no Brasil, dos quais 91% no pré-sal.

As informações dadas à CVM mostram que na atividade de exploração no país, os investimentos estão concentrados no Programa Exploratório Mínimo de cada bloco. No Abastecimento serão investidos US$ 12,8 bilhões, dos quais 69% em manutenção e infraestrutura, 11% na conclusão das obras da Refinaria Abreu e Lima, 10% na Distribuição.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia