Petróleo WTI fecha em baixa de 1,9%

Contratos futuros do WTI para entrega em maio caíram US$ 0,95 de dólar em relação ao fechamento anterior

Refinarias dos EUA

O Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou nesta quinta-feira em baixa de 1,9%, a US$ 49,14 o barril, em um dia no qual o mercado esperou as negociações sobre o programa nuclear iraniano.

Ao fim da sessão de operações na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros do WTI para entrega em maio caíram US$ 0,95 de dólar em relação ao fechamento anterior.

A queda de hoje veio depois de um aumento de 5,23% do pregão da quarta-feira.

O fechamento coincidiu com os anúncios na Suíça sobre a definição dos parâmetros para resolver o litígio por causa do programa nuclear iraniano, que despertou os receios de nações ocidentais.

Os analistas disseram que como esse anúncio foi praticamente coincidente com o fechamento de hoje, espera-se que se conheça melhor o impacto na sessão da segunda-feira ou nas operações eletrônicas do domingo à noite.

Com o preço do fechamento de hoje, o WTI acaba com uma variação positiva semanal de 0,55% desde o valor da sexta-feira da semana passada. Amanhã não há operações nos mercados de futuros.

Os contratos de gasolina para entrega em maio baixaram US$ 0,07, para US$ 1,76 o galão, e os de gasóleo de calefação para entrega nesse mês caíram US$ 0,06, para US$ 1,68.

Os contratos de gás natural para entrega em maio, os de mais próximo vencimento, subiram US$ 0,11, para US$ 2,71 por cada mil pés cúbicos.

Com Ag.EFE

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia