Preço spot de energia tem alta de 37%, mostra Compass Energia

Bandeira Verde segue em outubro, mas a cautela fica para a incerteza climática

Divulgação: ITAIPU

 

O mês de setembro reverteu a tendência positiva de agosto, e fechou com chuvas abaixo da média em todo o país. A ENA (Energia Natural Afluente) deve fechar o mês no patamar de 94% no Sudeste, 75% no Sul, 33% no Nordeste e 53% no Norte. Em decorrência disso, o preço spot da energia sofreu uma elevação de 37%, passando de R$155/MWh para R$213/MWh.

A expectativa do mercado agora é em relação às chuvas de outubro. Mapas mostram chuva de boa intensidade e localização no início do mês, mas a segunda quinzena ainda é uma incógnita, na avaliação da Compass Energia.

“Dependendo do comportamento hidrológico de outubro, existe grande possibilidade do acionamento da Bandeira Amarela no mês de novembro”, disse Marcelo Parodi, sócio-diretor da Compass. “Adicionalmente à incerteza climática, em novembro serão implementados alguns ajustes no modelo de cálculo do preço spot, relacionados à carga do Paraguai e à vazão da usina de Sobradinho, causando um viés de alta no preço spot” completou o executivo.

Nesta sexta-feira, a ANEEL divulgou a Bandeira Verde para o mês de outubro. Com isso, são sete meses consecutivos que os consumidores não pagarão tarifas adicionais pelo insumo.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia