BALANÇO: Lucro da Cemig atinge R$534 milhões no segundo trimestre

Companhia é a maior empresa integrada do setor de energia elétrica do País

Geração e transmissão

A Companhia Energética de Minas Gerais – Cemig apresentou hoje seu balanço financeiro referente ao segundo trimestre de 2015.

O lucro líquido obtido no segundo trimestre foi de R$ 534 milhões, queda de 27,9% sobre o mesmo período do ano passado, R$741 milhões. A geração de caixa, medida pelo Lajida, de R$ 1,2 bilhão, recuou de 21,7% ante o mesmo período do ano passado, R$1,5 bilhão. A receita líquida da Cemig no 2T15 foi de R$ 5,4 bilhões, avanço de 14,7% sobre o 2T14, R$4,7 bilhões.

Segundo o presidente da Cemig, Mauro Borges Lemos, os resultados do segundo trimestre refletem o momento desafiador do setor elétrico brasileiro, principalmente em relação à situação hídrica. “Apesar das condições desfavoráveis, a Cemig se mostrou forte e preparada para enfrentar as dificuldades vividas pelo País. A Empresa continua diversificando sua atuação para se consolidar como líder de mercado do setor elétrico brasileiro”, comentou.

O diretor de Finanças e Relações com Investidores da Cemig, Fabiano Maia Pereira, destaca que, mesmo com as dificuldades que o setor elétrico brasileiro vem enfrentando,  a Companhia apresentou um resultado financeiro sólido no primeiro semestre de 2015. “A Companhia tem envidado esforços no sentido de garantir a manutenção de um balanço sólido que lhe permita superar os desafios de curto prazo e proporcionar condições mais favoráveis para o seu crescimento sustentável.”, avalia o diretor.

Perfil da Companhia

A Cemig é hoje a maior empresa integrada do setor de energia elétrica do País, sendo o maior grupo distribuidor, responsável por aproximadamente 12% do mercado nacional. É ainda o segundo maior grupo transmissor e o terceiro maior grupo gerador, com um parque formado por 79 usinas hidrelétricas, 3 térmicas e 23 eólicas, com uma capacidade instalada de 11.838 MW. No ano passado, a Concessionária foi selecionada, pela 15ª vez consecutiva, para compor a carteira do Dow Jones Sustainability World Index no período 2014/2015, mantendo-se como a única Companhia do setor elétrico da América Latina a fazer parte do DJSI World desde a sua criação, em 1999.

A Companhia está presente em 22 Estados e no Distrito Federal e opera uma linha de transmissão no Chile. Conta com mais de 115 mil acionistas em 44 países e ações negociadas nas Bolsas de Valores de Nova York, Madri e São Paulo.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia