Cemig vai investir R$ 150 milhões na manutenção do sistema elétrico

Entre janeiro e abril deste ano, empresa já executou mais de 15 mil obras no estado

Fato relevante

A Cemig prevê, para 2017, investimentos de R$ 151 milhões em obras de reforma, reforço e manutenção da rede elétrica, valor 12% superior ao aplicado pela empresa no ano passado. Somente entre janeiro e abril, 15 mil serviços foram executados em toda a área de concessão, que inclui 774 cidades mineiras. Entre os serviços mais comuns, estão a troca de postes e a instalação de fiações e equipamentos mais potentes e modernos.

Durante os meses de estiagem, as equipes da Cemig executam os serviços de maior porte. De acordo com o gerente do Centro Integrado da Operação da Distribuição, Carlos José Thiersch, é nesse período que as obras mais complexas são intensificadas e, portanto, é necessário desligar trechos maiores, os chamados desligamentos programados. “Aproveitamos essa época do ano porque o risco de cancelamento dos serviços programados tem menor probabilidade de ocorrer, já que as chuvas são escassas e, portanto, há menos ocorrências emergenciais. E essas obras também reforçam o sistema elétrico para o período chuvoso, aumentando ainda mais a sua confiabilidade”, explica.

A Cemig procura realizar as intervenções no sistema sem prejudicar o fornecimento de energia para a população, mas, em alguns casos, por questão de segurança, o desligamento da rede elétrica é necessário. O tempo de duração de uma interrupção programada e seu horário variam. “Quando possível, tentamos realizar as obras na área central de comércio intenso das maiores cidades (hipercentros) durante os fins de semana, para minimizar os transtornos aos comerciantes”, afirma o gerente. Já quanto à duração, Thiersch informou que depende do tipo de serviço a ser feito, mas uma troca de transformador, por exemplo, envolvendo substituição de poste e cabos, leva cerca de cinco a seis horas, pois o serviço é complexo e exige muito cuidado e atenção.

Antes de executar qualquer serviço de melhoria ou manutenção em que seja necessário um desligamento, a concessionária de energia precisa avisar os clientes que serão atingidos. A Cemig faz isso por meio de anúncios nas rádios, dias antes da intervenção. Os consumidores com equipamentos indispensáveis à vida são comunicados também por escrito. Thiersch, contudo, ressalta que a melhor maneira de o cliente se informar sobre os desligamentos programados da Cemig é por meio do cadastro de e-mail no Cemig Atende localizado site da empresa.

Dados atualizados

Os clientes da Cemig com dados atualizados têm algumas vantagens, como o recebimento de avisos de interrupções programadas por e-mail. “A empresa procura realizar esses serviços sem afetar a continuidade do fornecimento, mas, algumas vezes, o desligamento é necessário. Nesses casos, a Cemig envia o aviso da intervenção programada, com antecedência mínima de 72 horas, informando a data, horário e duração em que suspensão é necessária, para que o cliente possa se programar”, ressalta Carlos Thiersch. Outra vantagem é o recebimento da informação de forma imediata e segura, sem riscos de extravios ou recebimento tardio da informação.

Outra facilidade é o envio da conta de energia por e-mail, caso o cliente opte por esse serviço. Com a eliminação da entrega da fatura no endereço do consumidor, o cliente evita extravio e atrasos na entrega da conta, bem como a cobrança de multa e juros por atraso de pagamento. A fatura por e-mail contribui ainda para a preservação ambiental, já que evita a derrubada de árvores. O arquivamento e organização da fatura digitalizada enviada por e-mail também é muito mais fácil e simples.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia