Complexo Eólico Lagoa do Barro estão com 35% das obras concluídas

Empreendimento de R$1,3 bilhão da Atlantic Energias Renováveis terá capacidade instalada de 195 MW

Divulgação

A Atlantic Energias Renováveis, empresa que atua no desenvolvimento, implantação e operação de projetos de geração de energia elétrica a partir de fontes renováveis, acaba de concluir 35% das obras gerais do Complexo Eólico Lagoa do Barro, localizado no município de Lagoa do Barro do Piauí, no sertão do estado do Piauí.

Segundo maior empreendimento da Atlantic, o complexo conta com 28 fundações de torres eólicas construídas até janeiro de 2018. Nessa etapa da obra, continuam os trabalhos de obra civil como escavação das bases, concretagem e armação das fundações diretas e execução de acessos internos.

Há todo vapor, também em andamento está a construção da subestação coletora, que elevará a energia gerada à tensão de 230kV, assim como as atividades da linha de transmissão, que será a maior já implantada pela Atlantic, com 88,1 km de extensão. Em paralelo, continuam as atividades de implantação da fábrica de dovelas nas proximidades do empreendimento.

O Complexo Eólico Lagoa do Barro será formado por 65 aerogeradores, que com 120 metros de altura e pás de 63 metros cada, estarão entre os maiores e mais potentes do país, garantindo ao empreendimento 195 megawatts de potência instalada. O investimento total previsto é de R$ 1,3 bilhão.

Desenvolvimento Sustentável

A implantação do Complexo Eólico Lagoa do Barro é um marco para o desenvolvimento sustentável do país. “São aproximadamente mil empregos criados, melhora na infraestrutura das cidades vizinhas ao empreendimento, além da energia gerada, que contribuirá para o desenvolvimento futuro da região”, afirma o CEO da Atlantic, José Roberto de Moraes.

Durante toda a construção do complexo, as ações da Atlantic são orientadas pelos princípios de ESG (Environmental, Social and Corporate Governance), que fortalecem um relacionamento de respeito e confiança com a biodiversidade, comunidades, parceiros e colaboradores da empresa.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia