Consumidor livre de energia tem economia de até 30%, diz Trade Energy

Consumidor desse mercado tem economia e melhores preços

Tabela - Trade

De acordo com os dados da Trade Energy, os consumidores livres de energia, que representam 25% do mercado, desfrutam de uma economia com seus custos de energia elétrica de até 30% em meio à crise atual do setor elétrico. O comportamento se dá porque a compra de energia a longo prazo no mercado livre tem apresentado atratividade nesta modalidade de contratação. Em função da explosão tarifária, o mercado livre apresenta-se em expansão, com novas migrações a partir do segundo semestre de 2016.

“Isso acontece porque as empresas que compraram energia há alguns anos desfrutam de um custo de energia mais baixo. Assim, o consumidor livre tem economia e melhores preços hoje. A crise do setor, junto às altas tarifas impostas, faz com que a energia saia muito mais dispendiosa no Ambiente Regulado para o consumidor cativo. Em contrapartida, quem está no ambiente livre desfruta de toda a flexibilidade na negociação de preços e da gestão customizada que esta modalidade propõe”, avalia Walfrido Avila, presidente da Trade Energy.

Em virtude da economia recessiva e da queda expressiva na produção industrial, também foi possível identificar alterações nos níveis de consumo de energia. Segundo dados da CCEE, essa diminuição foi maior no Ambiente de Contratação Livre (-16,7%), com destaque negativo para consumidores livres e especiais (-15,1%). Os setores que mais apresentaram queda no consumo de energia foram: veículos (36,8%), bebidas (36%) e têxtil (31,5%).

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia