Copel reforça sistema elétrico com nova linha entre Londrina e Figueira

Com a entrada em operação desses empreendimentos, a Companhia passa a ter uma receita adicional de R$ 4,7 milhões ao ano

Discussões sobre o setor

A Copel Geração e Transmissão anunciou nesta terça-feira a entrada em operação da nova linha de transmissão em 230 mil volts no norte do Paraná. O circuito tem 92 quilômetros de extensão e liga as subestações Londrina e Figueira, passando também pelos municípios de Sapopema, Figueira, Assaí, Santa Cecília do Pavão e Nova Santa Bárbara.

A Linha LondrinaFigueira integra, juntamente com o circuito Foz do Chopim – Salto Osório, instalado no sudoeste do Paraná, o lote de obras conquistado pela Copel GeT no leilão da Agência Nacional de Energia Elétrica realizado em junho de 2012. O conjunto absorveu R$ 37 milhões em investimentos.

Essa ampliação da chamada Rede Básica de Transmissão amplia a possibilidade de intercâmbio de energia entre as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil, reduzindo o risco de déficit de eletricidade durante os períodos de seca nessas regiões.

“Investimos permanentemente para manter o sistema elétrico do Paraná cada vez mais robusto e atender com segurança à demanda crescente por energia em todas as regiões do Estado”, destaca o diretor presidente da Copel Geração e Transmissão, Sergio Luiz Lamy.

Com a entrada em operação desses empreendimentos, a Companhia passa a ter uma receita adicional de R$ 4,7 milhões ao ano.

 

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia