CPFL Paulista investe R$ 435 mil em projeto de eficiência energética em Amparo

Iniciativa prevê a substituição dos equipamentos do sistema de tratamento de água no SAAE por modelos mais eficientes e econômicos

Divulgação

A CPFL Paulista, distribuidora do Grupo CPFL Energia que atende a 4,3 milhões de clientes em 234 cidades no interior paulista, investiu R$ 435 mil na troca dos equipamentos de bombeamento e tratamento de água do Sistema Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) de Amparo. A substituição por modelos novos e mais eficientes proporcionará uma economia de 187,36 MWh ao ano, energia suficiente para abastecer 78 residências com o consumo de 200 KWh/mês.

A iniciativa, financiada com recursos do Programa de Eficiência Energética (PEE) da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), prevê a substituição de motobombas mais antigas por equipamentos mais novos e de alto rendimento. O projeto, que prevê uma redução de demanda de 70,67 kW no horário de ponta, irá beneficiar toda a população de Amparo, que hoje está em torno de 69 mil habitantes.

Com a diminuição do consumo de energia elétrica, o projeto também contribui para o meio ambiente, pois, somente com a troca dos equipamentos, é possível evitar a emissão de 13 toneladas de CO2. Para efeito de comparação, essa quantidade de dióxido de carbono representa o mesmo que o plantio de 77 novas árvores.

“Nossa missão, como empresa que tem a sustentabilidade como um de seus princípios, é promover o consumo inteligente e eficiente de energia. Por isso, desenvolvemos projetos e obras de eficiência energética como este, que ajudam a disseminar a cultura do consumo racional em toda a nossa área de atuação”, afirma o gerente de Eficiência Energética da CPFL Energia, Felipe Henrique Zaia.

​​Programa de Eficiência Energética

A CPFL Energia, maior grupo privado do setor elétrico brasileiro, investiu em 2017 cerca de R$ 56 milhões em projetos de eficiência energética distribuídos nos 679 municípios atendidos pela concessionária nos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Paraná e Rio Grande do Sul, conforme aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Com o investimento, os projetos do Programa de Eficiência Energética da CPFL Energia pouparam, em 2016, 37,5 mil MWh, energia suficiente para abastecer, aproximadamente, 15 mil clientes residenciais com consumo médio de 200 KWh mensais. A iniciativa também evitou a emissão de 3,697 mil toneladas de CO2. Para efeito de comparação, essa quantidade de dióxido de carbono representa o mesmo que o plantio de mais de 20 mil novas árvores.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia