CPFL Santa Cruz investe R$ 4,914 milhões na rede elétrica

Recursos foram destinados para ampliar, reforçar e efetuar a manutenção do sistema elétrico

Eletrônicos em alta

A CPFL Santa Cruz, distribuidora da CPFL Energia que atende em torno de 202,5 mil clientes em 27 municípios no Estado de São Paulo e em três cidades ao norte do Paraná, investiu R$ 4,91 milhões na rede elétrica de sua área de concessão no primeiro trimestre de 2015. Os recursos foram destinados para ampliar, reforçar e efetuar a manutenção do sistema elétrico.

“Apesar do cenário desafiador do setor elétrico neste momento, a CPFL Santa Cruz foi capaz de manter os seus investimentos para melhorar a qualidade do serviço prestado aos seus consumidores e acompanhar a expansão do consumo em sua área de concessão, o que tem sido reconhecido pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel)”, afirma o presidente da CPFL Santa Cruz, Marco Antonio Villela de Abreu.

A distribuidora reportou lucro líquido de R$ 10,35 milhões no primeiro trimestre de 2015, crescimento de 71% em relação ao mesmo período de 2014, se considerados os ativos e passivos regulatórios que não eram contabilizados no ano passado. A geração de caixa medida no conceito Lajida (Lucro antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização) teve alta de 66,9%, considerados os ativos e passivos regulatórios, passando de R$ 12,31 milhões para R$ 20,56 milhões. A receita líquida subiu 27,1%, de R$ 84,45 milhões para R$ 107,37 milhões.

“A gestão adequada dos custos e das despesas gerenciais da companhia contribuiu para os bons números apurados no primeiro trimestre de 2015”, explicou Villela.

A receita também foi favorecida pela entrada em vigor do sistema de bandeiras tarifárias, que tem por objetivo sinalizar ao consumidor o custo real do preço da energia do País, e pela apliciação do reajuste tarifário anual e da Revisão Tarifária Extraordinária, ambos em fevereiro. Essas duas medidas foram importantes por reduzir o descasamento de caixa da CPFL Santa Cruz, já que a empresa estava fornecendo energia aos clientes a uma tarifa substancialmente inferior ao custo de aquisição.

O volume de energia consumido nos 30 municípios atendidos pela CPFL Santa Cruz teve uma queda de 5,5% no primeiro trimestre de 2015 frente ao mesmo período de 2014. Na análise por classe, verifica-se que o consumo de energia dos clientes residenciais cresceu apenas 0,7%, em decorrência do registro de temperaturas mais amenas no verão de 2015. O ano de 2014 havia registrado temperaturas muito acima da média histórica. O consumo industrial teve expansão de 1,1%, em que pese o cenário de desaceleração da economia brasileira.

Em contrapartida, o consumo dos clientes comerciais recuou 3,7%, fruto do cenário de incertezas da economia que tem afetado a confiança dos consumidores. A venda de energia para os clientes da linha “outros”, que inclui as classes rural, poder público, iluminação pública, serviço público e permissionárias, caiu 15,7%, principalmente em função do menor consumo de energia para irrigação.

Entre os destaques no primeiro trimestre de 2015 está o reconhecimento da Aneel da qualidade do serviço prestado pela CPFL Santa Cruz. A empresa foi considerada pelo regulador como a melhor distribuidora de grande porte do Brasil em 2014, com base no indicador de Desempenho Global de Continuidade (DGC). Essa é a segunda vez que a distribuidora leva o prêmio – a CPFL Santa Cruz já havia sido eleita a melhor companhia do setor na mesma categoria em 2012.

Além desse reconhecimento, a CPFL Santa Cruz diminuiu em 10,1% a duração das interrupções no primeiro trimestre de 2015 ante igual intervalo de 2014, para 6,62 horas (acumulado dos últimos 12 meses). A companhia também reduziu em 15,7% a frequência das interrupções no mesmo período de comparação, para 5,80 vezes.

Entre os principais municípios atendidos pela CPFL Santa Cruz estão Ourinhos, Avaré e Santa Cruz do Rio Pardo, no Estado de São Paulo, Barra do Jacaré, Jacarezinho e Ribeirão Claro, no Paraná.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia