Distribuidoras engajadas no uso seguro e consciente de energia elétrica

A menor taxa de incidências revela o resultado das campanhas de conscientização que as distribuidoras têm feito junto à população.

Pipas e a energia

A Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (Abradee) anunciou nesta segunda-feira (24) a XI Semana Nacional da Segurança – Campanha de Uso Consciente de Energia Elétrica. Realizada pelas 47 distribuidoras associadas à Abradee, a campanha pretende alcançar mais de 200 milhões de pessoas em todo o país. Atualmente, no Brasil, são três milhões de quilômetros de rede de distribuição para atender 81 milhões de consumidores, contemplando 206 milhões de habitantes, com uma cobertura de 99,8% dos domicílios e com 2,2 milhões de novas ligações ano.

O objetivo das ações de divulgação é reduzir as ocorrências entre as principais causas de mortes por contato com a rede: construção e manutenção predial e ligação elétrica clandestina. Com o slogan Energia Elétrica com Consciência, a iniciativa tem o objetivo de conscientizar para prevenir, e este ano, chama a atenção para cinco situações do dia a dia das pessoas que têm sido as principais razões dos incidentes: construção e manutenção predial; ligações clandestinas; pipa; instalações de antena de TV; e poda de árvore.

Para o diretor da ANEEL José Jurhosa Júnior, que participou da entrevista coletiva de lançamento da campanha, o caráter educativo é de suma importância como também é relevante que as empresas sempre proporcionem condições seguras para seus consumidores. “Os contratos de concessão estabelecem obrigações às empresas, mas não temos como determinar essas atitudes aos usuários. Por isso as campanhas de conscientização são tão importantes”, frisou Jurhosa.

O presidente da Abradee, Nelson Leite, ressaltou que a apuração dos números e tipos de acidentes dos usuários com a rede elétrica é uma ação de extrema importância, pois, além de fazer o controle dos casos, também ajuda no direcionamento das estratégias das campanhas de conscientização e prevenção de novas ocorrências. Também participaram do evento o secretário-adjunto de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia, Ildo Wilson Grüdtner, e o vice-presidente do Sindicato dos Engenheiros de Minas Gerais, João José Magalhães Soares.

Segundo a Abradee, o número total de acidentes entre a população brasileira envolvendo a rede de energia elétrica vem caindo nos últimos anos. Desde que começou a fazer o monitoramento, em 2001, a Associação revela queda gradual, ano a ano, atingindo 26%. O percentual de ocorrências de maior gravidade, com episódios fatais, caiu mais ainda: 37% nos últimos 16 anos, sendo que, só do ano passado pra cá, a redução foi de 9%. A menor taxa de incidências revela o resultado das campanhas de conscientização que as distribuidoras têm feito junto à população.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia