EDP anuncia a oferta pública de 750 mil debêntures

Companhia poderá aumentar a quantidade de debêntures com relação à quantidade inicialmente ofertada

Divulgação

A EDP – Energias do Brasil, conforme comunicado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) anunciou a realização de oferta pública de distribuição de, inicialmente, 750 mil debêntures, sem considerar as debêntures suplementares e as debêntures adicionais, todas nominativas, escriturais, não conversíveis em ações, da espécie quirografária, em até quatro séries, da 4ª emissão da companhia. O valor nominal unitário é de R$1 mil, na data de emissão, qual seja, 15 de setembro de 2015 perfazendo o montante total de, inicialmente, R$750 milhões, sem considerar as suplementares e as adicionais.

Estão encarregados da operação o HSBC Bank Brasil – Banco Múltiplo, como coordenador, Banco BTG Pactual e BB – Banco de Investimento, em conjunto com o coordenador líder e com o BTG Pactual.

A quantidade de debêntures inicialmente ofertada, sem considerar as debêntures adicionais, poderá ser acrescida em até 15%, ou seja, em até 112.500, debêntures suplementares, nas mesmas condições das debêntures inicialmente ofertadas, destinada a atender excesso de demanda  que eventualmente seja constatado no Procedimento de Bookbuilding, conforme opção outorgada pela companhia aos Coordenadores no Contrato de Distribuição, que somente poderá ser exercida pelos coordenadores em comum acordo com a companhia, até a data de divulgação do anúncio de início de oferta pública de distribuição de debêntures da quarta emissão da EDP – Energias do Brasil.

As debêntures adicionais podem chegar a 20% do montante inicial, ou seja, até 150 mil unidades, que poderão ser alocadas em cada uma das séries.

Ainda sob termos da CVM, a EDP poderá  aumentar a quantidade de debêntures com relação à quantidade inicialmente ofertada, sem considerar as debêntures suplementares, em até 20%, ou seja, em até 150 mil debêntures adicionais, nas mesmas condições das debêntures originalmente ofertadas, sem a necessidade de novo pedido de registro à CVM,  até a data de divulgação do anúncio de início.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia