Cautela com a rede

Elektro anuncia investimentos de R$33 milhões em subestações

Ao todo a companhia passa a ter 09 equipamentos móveis, sendo 04 Subestações Móveis, 03 Transformadores Móveis e 02 Disjuntores móveis

A Elektro vai apresentar, nesta sexta-feira (13), equipamento com tecnologia de ponta em uma subestação móvel com 70 toneladas e 30 metros de comprimento que está sendo transportada de Blumenau (SC) para sua sede em Campinas, percurso de 800 quilômetros. A subestação é digitalizada, com monitoramento remoto e possui 30 MVA de potência, capaz de atender o município de Artur Nogueira, com 46 mil habitantes. Para as melhorias em subestações, a companhia destinou um aporte de R$33 milhões.

As subestações móveis são utilizadas principalmente no atendimento as obras de expansão e manutenção de subestações, além de atendimento em situações emergenciais, mantendo a qualidade na prestação de serviços aos consumidores. Com a utilização da Subestação Móvel, todas as cargas do circuito atendido pela subestação local são transferidas durante o período necessário, evitando a interrupção do fornecimento de energia aos consumidores.

Em uma emergência nas subestações convencionais, a subestação móvel será deslocada até o ponto de falha, permitindo reduzir drasticamente o tempo de restabelecimento do fornecimento da energia para os milhares de consumidores ligados à subestação.

Ao todo a Elektro passa a ter 09 equipamentos móveis, sendo 04 Subestações Móveis, 03 Transformadores Móveis e 02 Disjuntores móveis que serão estrategicamente distribuídas na área de concessão. Neste primeiro momento, as subestações irão para as cidades: Mogi Mirim, Conchal, Mirandópolis e Panorama.

Com os novos equipamentos, a Elektro conseguirá triplicar o número de obras ao longo do ano. “ A aquisição desses equipamentos traz maior confiabilidade  e capacidade de atendimento aos clientes, além de garantir a realização de um plano de investimento agressivo e recorde na Empresa”, afirma Luis Alves, Gerente de Subestações e Linhas de Transmissão.

0 acharam esta informação útil

0 não acharam esta informação útil

Assuntos desta notícia